quinta-feira, 24 de abril de 2014

Oração de uma mãe pelo seu filho afastado dos caminhos de Nosso Senhor Jesus Cristo

Adicionar legenda

Ó Jesus, Salvador e Redentor dos homens, que restituístes a uma mãe o filho único cuja perda chorava, e que na parábola do filho pródigo mostrastes tão carinhosa misericórdia para com os filhos transviados, dignai-vos converter o meu, infelizmente arrastado para longe de Vós, de mim e do dever. Ah! Pobre de meu filho.

Ó meu Deus, suplico-vos, imploro-vos com lágrimas: abri-lhe os olhos, tocai-lhe o coração, quebrai os laços que o retêm, dai-lhe coragem. Volte depressa a gozar as puras ternuras da família, e se lance em vossos braços qual outro Santo Agostinho. Que estreite vossos pés sagrados, à imitação de Madalena arrependida.

Ó meu Deus, se aos vossos olhos aos quais nada se esconde, carregasse eu com a tremenda responsabilidade dos desvarios que lamento; se, por culposa fraqueza e negligência, deixei que se desenvolvessem na alma do meu filho perigosos germens; se lhe autorizei de certo modo os desmandos, pela leviandade das minhas palavras ou do meu proceder; ah! Senhor, enternecei-vos à vista de um castigo tão cruel.

Vede meu arrependimento; vede a dor expiatória de tais pecados; perdoai-nos a ambos, a fazei que nos unamos a Vós para sempre. Assim seja.

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO