quinta-feira, 12 de março de 2015

VIA SACRA PARA A CATEQUESE

Algumas crianças passam todo o tempo da catequese sem conhecer ou participar de uma Via Sacra que, normalmente, acontece em horários especiais durante a Quaresma. Por que não fazer uma especialmente com elas, no horário da catequese? Pode até ser num salão ou num espaço ao ar livre. Aí está um roteiro, simples e que pode promover a participação de todos: seja nas leituras, carregando a cruz, carregando as velas (alternando os leitores e aqueles que carregam os objetos) ou nos gestos que são convidados a fazer.

VIA SACRA QUARESMA 2015 - CRIANÇAS

1ª ESTAÇÃO: JESUS É PRESO E CONDENADO À MORTE


Jesus ainda é condenado morte injustamente. 
É à fome num mundo onde não há comida para todos. 
É o doente que não consegue obter medicamentos. 
São os idosos abandonados, vitimas da solidão. 
É a criança tirada do útero materno... E continuamos a lavar as mãos. 
Condenações injustas, no meio de tanta impunidade...

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Senhor Jesus, por que o condenaram à morte? O que foi que o Senhor fez para merecer morte pela crucificação? Curou doentes, alimentou famintos, ressuscitou dos mortos, perdoou aos pecadores, respeitou as autoridades, trabalhou para o bem da humanidade, era humilde, manso, bondoso, misericordioso. Por que esta sentença tão cruel e humilhante?
LEITOR 2- O nosso orgulho, inveja, egoísmo, covardia, comodismo, calúnias, apego exagerado pelas coisas deste mundo o condenaram. Eis aqui o segredo da injusta sentença. Tenho que me perguntar: o que eu fiz com Cristo? Não O condenei, por acaso, a morrer? Não lavo as mãos todos os dias, a dizer que não me importo com meu irmão?
TODOS – Senhor Jesus, ajuda-me a viver o Seu Evangelho até a morte. Que todos nós possamos transformar a nossa vida e também lutar por uma nova sociedade, mais justa e fraterna.

CANTO:A morrer crucificado teu Jesus é condenado por teus crimes, pecador (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Numa pequena bacia de água benta, pedir que todos molhem as mãos e façam o sinal da cruz. “Que esta água abençoada substitua a água da indiferença.”

2ª ESTAÇÃO: JESUS CARREGA A CRUZ


Jesus suporta o peso dos que sofrem. Suporta a dor dos condenados por puro amor. Carrega a todos nós em sua cruz...

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo, eis a Sua cruz. Será que esta cruz é sua? Na verdade ela é nossa. O Senhor, em sua infinita bondade, assumiu a nossa cruz. 
TODOS - A grandeza e o peso desta cruz cresceram pelos nossos pecados, que destruíram a ordem do amor. 
LEITOR 2 - Todos os pecados do mundo nos Seus ombros. O mundo grita, xinga, critica, está rindo em sua loucura. Cristo sofre e caminha em silêncio para me salvar. 
TODOS - Cristo, Sua Via-sacra foi para mim. Ajuda-me a cada dia, pela manhã, a partir para a minha via-sacra e fica ao meu lado, porque sou fraco. Fazei que a cada dia, por minhas atitudes, eu possa promover uma nova sociedade baseada no amor e serviço ao próximo e na luta contra toda injustiça. 

CANTO: Com a cruz é carregado, e do peso acabrunhado, vai morrer por teu amor (bis). Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus. 

GESTO: Passar de mão em mão uma cruz de madeira pesada (pequena). 

3ª ESTAÇÃO: JESUS CAI PELA PRIMEIRA VEZ


É tanta a dor, o peso e o sofrimento que Jesus cai. A indiferença do mundo tão concentrado em individualidade pesa em sua cruz. 
A Sua humanidade fatigada acaricia o solo.
Senhor Jesus, o mistério da Tua Cruz, nos desperta continuamente. Dá - nos a sensibilidade de quem sabe colocar-se no lugar do outro, do que cai, do abandonado, do deitado na sarjeta da vida.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- As forças estão se esgotando. Calor, solidão. A terra parece mover-se. Cristo tropeça, perde o equilíbrio e cai. Sente a terra, a poeira na boca. O peso da cruz o sufoca.
TODOS - Nós partimos cheios de confiança e um dia caímos. Percebemos no nosso caminho uma flor, uma ilusão e tivemos tanta vontade de levá-la. Então paramos, traímos o caminho difícil e ficamos longe do caminho de Cristo.
TODOS - Ajudai-me, Senhor a ser uma pessoa que viva a verdade.
LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 2 - Até quando vou ficar frio e passivo? Jesus, estou tão longe de Ti. Ajuda-me a partir de novo. Proteja-me contra minhas quedas que cansam e deixam vazio o meu coração. Quero seguir somente a Ti. Ajuda-me a levantar do meu pecado.

CANTO: ♫ Pela cruz tão oprimido cai Jesus desfalecido pela tua salvação.
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Caindo de joelhos ao chão, vamos sentir também, como Jesus, o peso da cruz em nossos ombros.

4ª ESTAÇÃO: JESUS ENCONTRA A SUA MÃE


Uma espada atravessa o coração de Maria. Maria acompanha o seu Filho, no caminho mais forte que pode ter uma mãe que é o de contemplar o final do seu Filho. Não há dor mais forte nem maior. Juntemo-nos com a dor de tantas mães no mundo, que veem os seus filhos morrer de fome, drogas, doenças... que veem seus filhos morrer na ausência de esperança e oportunidade. 

LEITOR 1-  Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.

LEITOR 2- Quanta dor da Mãe neste encontro. Ela vai com Seu Filho. Ela vai à multidão despercebida, preocupada com seus filhos. Não fala, vai junto com Jesus, preocupada com todos nós.
TODOS - Cristo, mostrai-nos Sua Mãe humilde e dolorosa para nos comovermos e nos convertermos. Ajuda-nos a caminhar juntos com nossos irmãos, participar dos problemas deles, sofrer com eles como sofreu Maria — Sua e nossa Mãe.

CANTO:De Maria lacrimosa no encontro lastimosa, vê a viva compaixão. 
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Passar uma imagem de Maria de mão em mão.

5ª ESTAÇÃO: JESUS É AJUDADO POR CIRENEU


Assim como Cirineu que ajuda Jesus, é a Sua Igreja, formada por todos nós, que ajuda os que sofrem. Senhor Jesus, coroado de espinhos, não Te esqueças da Tua Igreja. Ilumina-a com o Teu Espírito.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 2- Cirineu atravessava o caminho por onde Cristo carregava a cruz. Pararam-no, ao primeiro desconhecido. Cristo aceita a ajuda. Aceita uma ajuda forçada de um homem teimoso.
TODOS- Deus Onipotente e Todo-poderoso permite que o homem O ajude. Deus precisa de um homem fraco. Tanta humildade!
LEITOR 1 - Nós também precisamos dos outros. Nosso caminho é também duro e perigoso demais para podermos vencê-lo sozinhos. E tantas vezes, orgulhosos, afastamos as mãos que nos querem ajudar. Mais ainda, pensamos que Cristo é desnecessário em nossa vida.
LEITOR 2 - Queremos agir sozinhos. Ao meu lado vão: amigos, esposa, marido, pai, mãe, vizinho, companheiro do trabalho, irmão desconhecido… não posso ignorá-los. Todos juntos precisamos agir para a construção de uma nova sociedade.
TODOS - Cristo, que eu perceba e aceite com humildade os meus irmãos Cirineus que caminham comigo e também aqueles que foram forçados a caminhar comigo.

CANTO: ♫ No caminho do Calvário um auxílio necessário recebe do Cirineu (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Que cada um faça o sinal da cruz na pessoa que está do seu lado.

6ª ESTAÇÃO: A VERÔNICA ENXUGA O ROSTO DE JESUS


Senhor Jesus, cansado e humilhado de dores e esperanças dos pobres. Deixa-nos chegar mais perto de Ti, como Veronica. Permite que Te encontremos no irmão que sofre. E não nos deixeis cair na tentação de aliviar o peso da nossa consciência com pequenas ações individuais.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1 - Verônica olha para Seu rosto. Rosto sujo, cansado. Cabelos com poeira, sangue e suor. Estremeceu em si, não podia esperar mais. Na presença dos soldados e inimigos enxugou o rosto de Cristo.
TODOS- O rosto doloroso de Cristo imprimiu-se no pano e no coração. Precisamos olhar o Cristo, para nos tornarmos um pouco semelhantes a Ele. Passamos tantas vezes ao lado de Cristo e nem sequer olhamos para o rosto dEle.
LEITOR 2 - Desculpe-me, Jesus, os meus impuros olhares. Os outros não podem ver em mim Sua luz e Sua imagem.
TODOS - Desculpe-me, Jesus, o meu corpo desejoso de prazeres. Ninguém consegue descobrir em mim um pouco de Ti. Desculpe-me, Jesus, o meu coração cheio de ódio e egoísmo. Ninguém consegue descobrir nele o Teu amor. Ajudai-me, Senhor a ser a Sua viva imagem.
CANTO: ♫ O Seu rosto ensanguentado por Verônica enxugado contemplemos com amor (bis). Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Tocar suavemente a face de quem está do seu lado.

7ª ESTAÇÃO: JESUS CAI PELA SEGUNDA VEZ


Jesus cai de novo sob a cruz. É verdade que estava esgotado fisicamente, mas estava mortalmente ferido também no seu coração. Pesava sobre ele a rejeição daqueles que, desde o início, tinham se oposto obstinadamente contra a sua missão. Pesava a rejeição que, ao final, tinha-lhe demonstrado o povo que parecia cheio de admiração e até entusiasmo por ele. 
Peçamos a Deus, com humildade, mas também com confiança: Pai rico de misericórdia, ajudai-nos a não tornar ainda mais pesada a cruz de Jesus.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo está no fim das Suas forças. O peso da cruz, o calor, o caminho em subida, as forças se esgotam, o cansaço cresce. Cristo cai de novo por terra.
LEITOR 2 - São os pecados horríveis que o oprimem. Tão depressa me acostumo a praticar o mal. Falta de fidelidade, falta de prudência. Não enxergo mais nada — só o mal. Procuro o mal. Estou caído, desanimado. Não vejo os outros no caminho, meus olhos fechados, meus ouvidos surdos. Mas tenho medo de ficar assim. Sei que essa não é a posição digna, humana.
TODOS - Ó Cristo, dá a mão a um mísero caído, levanta-me, sacude a poeira pecaminosa dos meus olhos, lava-me da minha sujeira. Dai-me novas forças para que eu possa levantar-me e caminhar ao Calvário da vitória, a glória final.

CANTO: ♫ Outra vez desfalecido pelas dores abatido cai por terra o Salvador (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Vamos nos deitar no chão, como se estivéssemos sob o peso da cruz.

8ª ESTAÇÃO: JESUS CONSOLA AS MULHERES DE JERUSALÉM


Jesus tem compaixão das mulheres de Jerusalém. Mesmo enquanto carrega a cruz, Jesus continua sendo o homem que tem compaixão... Chorou diante da tumba de Lázaro, proclamou bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. Senhor Jesus, consolo para as mulheres de Jerusalém, consolo para as mulheres de todos os tempos. Cuida de todas as mulheres do mundo. Amém.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- As mulheres choram e lamentam, vendo Jesus. Não podem ajudar, limitam-se a chorar. Têm pena de Cristo.
TODOS- Cristo, embora cansado, percebeu-as, ouviu-as. É mais conveniente chorar os nossos pecados, porque a causa da via dolorosa de Cristo são nossos pecados. Dignos de lamentação somos nós, pecadores.
LEITOR 2- Perceber os pecados dos outros é sempre mais fácil do que chorar os nossos. Cada um passa diante do meu tribunal; o mundo todo — prefiro julgar os outros do que a mim e descubro facilmente culpados: bêbados, preguiçosos, fofoqueiros, falsos, mentirosos, injustos, egoístas — só eu sou perfeito.
TODOS- Cristo, ajudai-me a descobrir uma verdade muito velha e sempre nova: que sou pecador e isso preciso lamentar.

CANTO: ♫ Das matronas piedosas de Sião filhas chorosas é Jesus consolador (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: De um abraço na sua catequista, ela representa as mulheres e mães que com abnegação se dedicam ao outro. (Se houver catequistas homens, ele transmite o abraço a sua esposa, mãe...).

9ª ESTAÇÃO: JESUS CAI PELA TERCEIRA VEZ


Senhor Jesus, cais pela terceira vez, Tu sentes o peso da cruz e o desprezo daqueles que viram as costas ao Teu Evangelho, aqueles que escolhem ganhar interesses em vez de tempo para o bem do irmão. Que esta terceira queda seja para nós uma forte interpelação para ter cuidado em não pisar e esmagar os mais fracos.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo cai de novo. Os soldados batem. Cristo não se mexe. Senhor Jesus, está morto?
TODOS- Ainda não, as forças quase acabaram. Restou ainda um pedacinho do caminho: dois, três passos. Neste estado isso é quase impossível.
LEITOR 2- Senhor, cai pela terceira vez, mas já no alto do Calvário onde vão levantar a cruz.
TODOS- Eu também caí de novo. Sempre estou caindo. Às vezes duvido se poderei levantar-me. Mas vendo-te ao meu lado, recupero as minhas forças e certamente vencerei com Vossa graça.

CANTO: ♫ Cai terceira vez prostrado pelo peso redobrado dos pecados e da cruz (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Vamos ao chão novamente, fechemos os olhos e imaginemos o cansaço e a dor de Jesus. Mas, Ele está conosco e nos levantamos novamente.

10ª ESTAÇÃO: JESUS É DESPIDO DE SUAS VESTES


Senhor Jesus, fostes despojado das Tuas vestes, exposto à desonra, expulso da sociedade. Assumistes os sofrimentos e as necessidades dos pobres, daqueles que são expulsos do mundo. Concedei-nos um respeito profundo pelo homem em todas as fases da sua existência e em todas as situações onde o encontrarmos. Dai-nos a veste luminosa da vossa graça.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo não tinha mais nada a não ser uma veste. Mas isto foi ainda demais.
TODOS- Agora não existe mais nada entre o corpo de Cristo e a cruz. Os homens uniram a cruz e o corpo para sempre. Cristo, Vossa veste era comprida, digna da pessoa humana. Nós precisamos abandonar também às vezes, vestes provocantes, indecentes.
LEITOR 2- Mas principalmente abandonar as vestes do egoísmo, da indiferença. Só assim podemos defender a dignidade humana de nossa família e das famílias que vivem ao nosso redor.
TODOS- Senhor, fazei que morra tudo em mim que ofende a Vossa santa vontade. Gosto tanto de muitas coisas pequenas que são minhas, mas se isso for necessário para viver verdadeiramente, tira tudo de mim. É melhor morrer, para depois viver. Assim como o grão que precisa morrer para dar frutos.

CANTO: ♫Dos vestidos despojado por verdugos maltratado eu Vos vejo, meu Jesus (bis).
Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: As crianças oferecem em doação roupas para os mais carentes (Gesto combinado previamente. Pode ser outra doação conforme a necessidade da comunidade).

11ª ESTAÇÃO: JESUS É PREGADO NA CRUZ


Jesus é pregado na cruz. Todo o seu corpo é martirizado; Na verdade Ele tomou sobre Si as nossas doenças, carregou as nossas dores. Jesus condenado, que não quer usar o seu poder para descer da cruz, mas antes suportou o sofrimento da cruz até ao fim.
Quantos hoje são julgados e crucificados pelo poder do dinheiro?

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo estendido na cruz, a cobre perfeitamente para ser unido perfeitamente a ela. Os pregos atravessam o corpo. Cristo permite que o homem apanhe brutalmente as mãos e os pés dEle e pregue na cruz. Agora nenhum movimento é possível.
TODOS- Nós também precisamos aceitar a nossa cruz na hora presente. Não podemos escolher. Temos que aceitar a nossa cruz. Ela é pronta, feita para meu tamanho, feita dos meus sofrimentos. Temos que apegar-nos a ela.
LEITOR 2- Isto não é fácil. Mas não posso encontrar o Cristo de outra maneira. Cristo espera por mim na cruz para, junto com Ele, redimir o mundo, nossos irmãos.
TODOS- Precisamos ter a coragem de agir para que a sociedade tenha a reforma política. Precisamos agir para que as autoridades se coloquem, de fato, a serviço da sociedade e não somente olhando os interesses de suas famílias ou só seus amigos. Precisamos ter coragem de nos unir na luta pelo Reino de Deus, Reino de Paz e de justiça.

CANTO: ♫ Foi Jesus na cruz pregado, insultado, blasfemado com cegueira e com furor (bis). Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Estender ambos os braços e ficar na ponta dos pés por alguns momentos, como Jesus ficou na cruz... É difícil, doloroso... quanto o foi para Jesus, ainda com pregos nas mãos e pés?

12ª ESTAÇÃO: JESUS MORRE NA CRUZ


Senhor Jesus, morto por amor, abençoai todos os moribundos, ajudai a morrer em Vós e Convosco, todos os homens e mulheres. Ajudai a morrer em nós o pecado da maldade, da indiferença, da omissão.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos. 
TODOS – Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo. 
LEITOR 2- Às três horas de agonia são tão compridas, parecem sem fim. Mais compridas do que três anos, do que trinta anos de vida. Tudo preparado. Cristo morre. A vida para, o coração não bate mais. O Coração grande como o mundo — o mundo de pecados que carrega em si. O mundo talvez ainda não saiba, mas, inconscientemente, estende os braços gritando: 
TODOS- “salvai-nos, salvai-nos, Senhor, não podemos mais viver assim, tirai-nos do pecado”. Quando eu morrer, Jesus, deixa-me entregar o meu coração a Ti, morrer para Ti, para viver em Ti. 

CANTO: ♫ Meu Jesus, por nós morrestes, por meus crimes padecestes, como é grande a minha dor (bis). Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus. 

GESTO: Ajoelhar-se e ficar em silêncio durante alguns momentos. 

13ª ESTAÇÃO: JESUS É COLOCADO NOS BRAÇOS DE SUA MÃE


Senhora, Mãe do Inocente e do Justo, acolhe em teu Coração de Mãe todas as mães que partilham Contigo a dor dos filhos perdidos e mortos.
Nos países em guerra, três em cada dez crianças morrem antes de atingir os cinco anos. Pensemos na dor e sofrimento destas mães.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- A Sua obra, Jesus, é consumada. Os pregos são desnecessários. Agora pode descer e descansar. Devagarinho descem-no da cruz. A Mãe recolhe-O nos seu braços. Tanta dor atravessou a sua alma, mas agora…
TODOS - Nós também estamos cansados, vamos adormecer um dia para sempre. Mas em que estado vamos morrer?
LEITOR 2- Maria, vigiai a cada um de nós. Tomai-nos em seus braços na última hora, não nos deixe nunca, por favor. Não esqueça de nós, pois a Senhora é o “Refúgio dos pecadores”. 
TODOSÒ Mãe, cuida de nós!

CANTO: ♫ Do madeiro Vos tiraram e à Mãe Vos entregaram com que dor e compaixão (bis). Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.

GESTO: Juntos, rezemos: Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre: Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte, Amém.

14ª ESTAÇÃO: JESUS É COLOCADO NO SEPULCRO


Senhor Jesus, que experimentaste a morte, que morreste por amor, para dar a vida, ensina-nos a retribuir tanto AMOR.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOS Porque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 1- Cristo é depositado no sepulcro. Na entrada, uma grande pedra. Os amigos não podem mais ajudar. Resta a esperança na ressurreição.
LEITOR 2 - Nossa ressurreição será no fim do caminho. Embora o caminho seja difícil, sabemos que Cristo espera por nós na Sua glória.
TODOS - Senhor, ajudai-nos a atravessar este caminho fielmente.

CANTO: ♫ No sepulcro Vos deixaram, enterrando-vos choraram, magoado o coração (bis).Pela Virgem dolorosa, Vossa mãe piedosa, perdoai-me meu Jesus.
Meu Jesus por vossos passos, recebei em vossos braços, a mim, pobre pecador.

GESTO: Vamos abaixar nossas cabeças em sinal de respeito e ficar um momento em silêncio.

15ª ESTAÇÃO: JESUS RESSUSCITOU


Como Cristo, também as crianças e adolescentes ressuscitam para lutar pela justiça e solidariedade. Não há Via-sacra sem ressurreição. Não há Sexta-Feira Santa sem Dia de Páscoa. Em frente do sepulcro, temos a esperança de, também nós, transformarmos o mundo numa grande família, onde os pobres, as crianças e os jovens possam viver com dignidade e justiça, que tantas vezes lhes é negada.

LEITOR 1- Nós o adoramos, Senhor Jesus e o bendizemos.
TODOSPorque pela Sua santa cruz, trouxe redenção ao mundo.
LEITOR 2 “E bem cedo no primeiro dia da semana, ao raiar do sol, Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, foram ao túmulo. Ao entrarem no túmulo, o anjo lhes diz: “Procuram por Jesus, o nazareno, aquele que foi crucificado”? Ele ressuscitou! Não está aqui! Vejam o lugar onde o puseram...” (Mc 16, 2.6).
LEITOR 1Por Cristo e em Cristo ilumina-se o enigma da dor e da morte que nos esmaga dia a dia. Cristo ressuscitou e com Ele surge a esperança de vida nova. 
LEITOR 2Ó Pai, com a ressurreição do seu filho Jesus, abrem-se as portas do Seu Reino. Concede-nos que, celebrando o mistério Pascal, ressuscitemos na luz da vida nova. Isto nós te pedimos em nome de Jesus, Senhor Nosso.
TODOSAmém!
TODOSPai Nosso que estai no céu...
LEITOR 1Ó Pai, alegria e esperança enchem o nosso coração, que a sociedade se abra a um mundo justo e solidário, sinal do reino que há de vir. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!

CANTO: ♫ Vitória, tu reinarás, ó cruz, tu nos salvarás!
Vitória, tu reinarás, ó cruz, tu nos salvarás!
Brilhando sobre o mundo, que vive sem tua luz,
Tu és um sol fecundo de amor e de paz, ó cruz!

GESTO: Vamos nos despedir, abraçando-nos fraternalmente como filhos do mesmo Pai, irmãos em Cristo.
* * * * *
Ângela Rocha
Catequista

FONTES:
Imagens: Fano.
- Via Sacra CF 2015
- Subsídio dos Grupos Bíblicos de Reflexão de Londrina - FORMAG.
Músicas: Youtube.
https://www.youtube.com/watch?v=VbI01ZKZxCA
https://www.youtube.com/watch?v=CIBE_6lH9j8

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO