sexta-feira, 11 de setembro de 2015

A IGREJA E AS REDES SOCIAIS


“A Palavra se fez carne e habita entre nós.” (João 1,15)

Quero partilhar neste espaço um pouco do que estou aprendendo no curso, “A Comunicação na Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil”, que está sendo realizado pela EAD Século XXI. O Objetivo do curso é qualificar Agentes de Pastorais para o exercício da Comunicação.

Houve épocas em que a Igreja Católica era a única instituição que comunicava os valores cristãos. Os tempos mudaram... e desde o Concílio Vaticano II, que o magistério da Igreja vem se preocupando em atualizar “os modos e as formas de comunicar” o Evangelho, tendo como objetivo ser uma Igreja “mais aberta e em diálogo com toda a sociedade”.

Atualmente, a Igreja delega aos leigos a responsabilidade de “inculturar”, inserir a fé cristã na nova cultura, ou seja, desenvolver a comunicação a serviço do Reino, pois, todos nós somos comunicadores. Querendo ou não estamos comunicando algo, o tempo todo. Podemos realizar uma boa ou uma má comunicação. Podemos prestar um serviço ao reino de Deus ou um des-serviço. O nº 19 do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, deixa claro que é “preciso integrar a mensagem do Evangelho à nova cultura”.

Sentindo a urgência e o peso da minha responsabilidade como catequista, recordo aqui algumas das “Pérolas” que a Ângela Rocha trouxe do Muticom: "É preciso subordinar as mensagens nas redes sociais à mensagem de Jesus” e "A Igreja é comunicação, assim, deverá ser competente também na comunicação digital."; entre outras.

O nº 124 do Diretório de Comunicação enfatiza que só conseguiremos Evangelizar se fizermos parte da Cultura. A minha pergunta é:

O que estamos comunicando nas redes sociais?

É necessário que muita atenção seja dada à comunicação na rede, pois, comunicar não é somente transmitir palavras, mas, sobretudo posturas. “A Igreja quer formar Agentes com bom senso, capazes de colocar o Evangelho por onde passarem, que saibam discutir, argumentar, contrapor com sabedoria...” (Vídeo Aula – EAD Século 21).

Abigail Martins Oliveira
Catequista em Formação


SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO