quarta-feira, 25 de novembro de 2015

DIA DE CATEQUESE: Mais um Natal...

Mais um dia de catequese... Manhã de quarta-feira. Dia especial, dia de catequese. Estamos em clima de espera do Menino Jesus, alvoroçados, cheios de expectativa. 

Meus anjos, meus pastores, meu Anjo Gabriel, minha Maria, meu José, minha estrela guia, meus reis magos. São eles que fazem a minha alegria. São eles que me recebem com aquela alegria que só eles tem. Os cumprimentos alegres, os beijos, os abraços. Todos falando ao mesmo tempo, cada um mais alto do que o outro, querendo contar a sua novidade primeiro. É... é dia de catequese. 

Quero saber de todos. Onde estiveram que não vieram à missa do domingo? Vítor, que foi que aconteceu que não veio ao último encontro? Luiz Henrique, e você? 
- Meu cachorro morreu, Tia. 
Oh! – dizem todos. – Como? 
- Não sei, ficou doente, levamos ao veterinário, mas não adiantou, era vírus daquele que mata! 
- Vamos pedir a Deus que te traga de novo um cachorrinho tão amigo quanto ele. Vamos Luiz Henrique, anime-se, o Anjo Gabriel precisa fazer a anunciação!

Estão todos ali para o ensaio? Não? Onde está o Léo? E o Mateus? Peraí, peraí... Vamos ligar para eles. 
- Mãe, cadê o Léo? Tá dormindo? Acorda ele e manda vir pra catequese. Tá, eu espero
- Mãe, e o Mateus, porque não veio? Ficou sozinho em casa e deve ter perdido a hora? Liga lá e diz que estamos esperando. 
- Vamos fazer amigo secreto na festinha, semana que vêm? Vocês querem? 
- SIMMMM!!!. 
- Tia, o Gustavo pegou ele mesmo e não quer contar!
- Gustavo, seu malandro, não pode pegar o próprio nome e ficar quietinho! Vem, vamos trocar. 
- Mas, Tia, assim eu compro um presente pra mim mesmo! 

Ensaio no salão. Correria, alvoroço, alegria. Indisciplina. 

Meu Anjo Gabriel não pára quieto um minuto. José? Cadê o José? O Léo já chegou? Meninas, meninas, porque anjos tão tagarelas? Não, não tem burro! É de faz de conta. Tia, cadê Jesus? Vai chegar... vai chegar... 

Assim, está formado o presépio. 

E sabem quem são aqueles lá? Aqueles que estão aos pés de Jesus? Somos nós, que trazemos a alegria em ter Jesus conosco. Como nossos olhos brilham ao ver o menino Deus! Como é bom saber que ele veio nos trazer a salvação. Somos nós ajoelhados diante do grande milagre de Deus em nossas vidas, o milagre da salvação. O milagre da alegria que só as crianças sabem trazer para os nossos corações. 

Fim do ensaio. Oração pedindo ao Anjo da Guarda que nos cuide nesta semana. Despedida. 

Assim são os dias de catequese. Tão esperados e tão breves. Sinto aquele cansaço gostoso. Aquela sensação de missão cumprida. Aquela dorzinha no peito por saber que o ano está acabando... Talvez nem todos os meus queridinhos fiquem comigo no ano que vêm. A Malu vai embora, a mãe já me avisou. Já estou com saudade. Ah! O tempo passa depressa demais quando a gente ama a Catequese. 

Ângela Rocha
Catequista

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO