terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

ROTEIRO DE ENCONTRO: MISSÃO E CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2017

ROTEIRO DE ENCONTRO – CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2017
“Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”
“Cultivar e guardar a criação” (Gn 2, 15).

OBJETIVO: 
A Campanha da Fraternidade é marcada pelo empenho de todos em favor da solidariedade e fraternidade, sempre abordando temas atuais, que a cada ano propõe uma transformação social e comunitária, seja ela em desafios sociais, econômicos, culturais e até mesmo religiosos, onde toda a população envolvida na Campanha da Fraternidade é convidada a ver, julgar e agir. E dentro deste propósito, queremos envolver as crianças e adolescentes da catequese nesta perspectiva de:
a) ver a realidade em que vivem;
b) Julgar/iluminar esta realidade com a Palavra e;
c) buscar ações em prol de mudanças na sociedade.

AMBIENTE:
- Preparar o ambiente com o cartaz da CF 2017, bem destacado e numa mesa colocar a Bíblia, flores (naturais), vela e uma pequena toalha com a cor litúrgica da Quaresma. Se possível usar plantas e objetos que lembrem a criação e a natureza.

- Preparar uma “Caixa de correio”, feita de papelão. A caixa pode ser bem elaborada como a maior, ou pequena como as outras.




MATERIAL PARA ATIVIDADES:

- Preparar o Texto com trechos da Carta de Pero Vaz de Caminha para todos, se puder imprimir com fundo de “pergaminho”, seria interessante.(anexo).

- Papel e envelope para carta, selo, etc.

ACOLHIDA:

Acolher os participantes com carinho e convidá-los a se ambientar.
Usar o Hino da CF como “fundo musical”.

DESENVOLVIMENTO DO ENCONTRO:

- Apresentar o tema da CF 2017, usando a linguagem de acordo com a idade dos interlocutores. Lembrar que todos os anos a CF acontece e porquê.

- Entregar o “pergaminho” com os trechos da Carta de Pero Vaz de Caminha e introduzir o assunto.

(Página 09 - 10 do Livrinho “Encontros catequéticos para crianças e adolescentes” – CNBB – CF 2017, até o “para refletirmos”).

- Iluminar o tema convidando a fazer uma leitura bíblica.

Uma pequena introdução ao texto Bíblico: (pg. 10 do livrinho).

Fazer a leitura do texto Gênesis 2, 4b-15, conforme Leitura Orante sugerida, e a reflexão com os interlocutores, dando espaço para discussão (pg.11).

ATIVIDADE PROPOSTA:

01 - Conhecer os Biomas Brasileiros: Apresentar o mapa do Brasil e os seus biomas especulando o conhecimento que os interlocutores possuem (escola) a respeito do assunto.

- (Livrinho “Encontros Catequéticos para crianças e adolescentes”, pg. 13 a 17).

 - Pedir aos interlocutores que se “localizem” no mapa do Brasil e identifiquem o Bioma da sua região.
- Para as crianças pequenas é interessante fazer uma atividade de pintura no mapa para identificar o bioma. (Usar mapa em branco).
- Depois de identificado o seu Bioma, pesquisar as características dele e em quais aspectos ele se encontra preservado ou depredado.
- Fomentar uma discussão a respeito do que podemos fazer para “Cuidar da criação” e preservar o nosso bioma.


(Pode-se usar outro mapa com resolução mais definida, assim como um em branco para pintar).

02 – Fazer Missão: Trocar cartas

- Assim como fez Pero Vaz de Caminha, contando ao rei de Portugal como eram as terras e o lugar onde aportaram, vamos também contar a outras pessoas como é a nossa “terra” e o lugar onde vivemos: quem são as pessoas que vivem aqui, o que fazem, como é a natureza, as plantações e como o homem e os animais vivem;

- Incentivar às crianças a escreveram “Cartinhas Missionárias” (ver AQUI como funciona o projeto), que serão destinadas a outros catequizandos em outras partes do país, contando sobre a região em que vivem e como é o bioma dela.

Atenção: as crianças mais pequenas podem ter dificuldade em escrever, convém que a catequista monte um pequeno “esquema” para que elas sigam.

- Pedir às crianças que coloquem suas “cartinhas” na “caixa do correio”, explicando que elas receberão resposta depois de outras crianças. (As cartinhas podem ser feitas em casa e podem ser trazidas no encontro seguinte).

(Quando a catequista tiver as respostas das cartas, providenciar um encontro retornando ao ambiente a “caixa do correio”, que as crianças vão abrir para buscar suas cartas. Este encontro pode ser iluminado pelo texto de Gênesis 1, 28-31, conforme página 18 do livrinho da CF 2017 – CNBB).

- Encerrar o encontro com a Oração da CF 2017.

ORAÇÃO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2017

Deus, nosso Pai e Senhor,
nós vos louvamos e bendizemos,
por vossa infinita bondade.
Criastes o universo com sabedoria
e o entregastes em nossas frágeis mãos
para que dele cuidemos com carinho e amor.
Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela
Casa Comum.
Cresça, em nosso imenso Brasil,
o desejo e o empenho de cuidar mais e mais
da vida das pessoas,
e da beleza e riqueza da criação,
alimentando o sonho do novo céu e da nova terra
que prometestes.
Amém!

ANEXO 01:
Esquema da cartinha...

Cidade, data

(Apresentação)
Olá, eu sou........, tenho .... anos e moro na cidade de...................
(outros dados que a criança queira colocar)

Este ano estamos falando da CF e sobre cuidar da criação de Deus. Aprendi com a minha catequista que..................................................................................
(incentivar as crianças a escreverem o que entenderam da apresentação dos biomas).
Aqui onde moro o bioma principal é......................................................................
(dizer o nome do bioma e descrever como é a natureza, os animais e as pessoas).
A natureza na minha cidade (está ou não está) preservada.......
(incentivar a crianças a descrever como a natureza está sendo agredida ou preservada).
Eu penso que as pessoas deveriam......
(na opinião deles, o que as pessoas precisam fazer para cuidar da criação).
E você? Como é o bioma da sua cidade? O que vocês estão fazendo para preservar a natureza?
(com essa pergunta eles estão incentivando as respostas. Caso a cartinha já seja uma reposta, terminar de outra forma)

Um grande abraço



OBS: É interessante que o catequista incentive a redação da carta com ideias das próprias crianças. Converse com os pais a respeito e deixe que levem as cartinhas para terminar em casa com a ajuda dos pais, trazendo no próximo encontro.

FONTE:

- Como funcionam as “cartinhas missionárias” - veja neste endereço:

- Adquira o livrinho “Encontros Catequéticos para Crianças e Adolescentes” – material da CF 2017 – CNBB.

VOCÊ ENCONTRA O LIVRINHO AQUI:
Ou nas livrarias católicas.

ANEXO 2:

A CARTA DE PERO VAZ DE CAMINHA:

A carta de Pero Vaz de Caminha foi escrita com o objetivo de relatar ao rei de Portugal, Dom Manuel I, os principais acontecimentos da expedição comandada por Pedro Álvares Cabral às Índias. A seguir, alguns trechos que se referem aos primeiros contatos dos portugueses com as populações indígenas e com as terras que deram origem ao nosso país. Leia com atenção os fragmentos selecionados:

(...) A pele deles é parda e um pouco avermelhada. Têm rostos e narizes bem feitos. Andam nus, sem cobertura alguma. Nem se preocupam em cobrir ou deixar de cobrir suas vergonhas mais do que se preocupariam em mostrar o rosto. E a esse respeito são bastante inocentes. Ambos traziam o lábio inferior furado e metido nele um osso verdadeiro, de comprimento de uma mão travessa, e da grossura de um fuso de algodão, fino na ponta como um furador.

(…) Os cabelos deles são lisos. E os usavam cortados e raspados até acima das orelhas. E um deles trazia como uma cabeleira feita de penas amarelas que lhe cobria toda a cabeça até a nuca (…).

Parece-me gente de tal inocência que, se nós entendêssemos a sua fala e eles a nossa, eles se tornaria, logo cristãos, visto que não aparentam ter nem conhecer crença alguma. Portanto, se os degredados que vão ficar aqui aprenderem bem a sua fala e só entenderem, não duvido que eles, de acordo com a santa intenção de Vossa Alteza, se tornem cristãos e passem a crer na nossa santa fé. Isso há de agradar a Nosso Senhor, porque certamente essa gente é boa e de bela simplicidade. E poderá ser facilmente impressa neles qualquer marca que lhes quiserem dar, já que Nosso Senhor lhes deu bons corpos e bons rostos, como a bons homens. E creio que não foi sem razão o fato de Ele nos ter trazido até aqui.

( ... ) Esta terra, Senhor, parece-me que, da ponta mais ao Sul até a outra ponta ao Norte, do que nós pudemos observar deste porto, é tão grande que deve ter bem ou vinte e cinco léguas de costa. Ao longo do mar, têm, em algumas partes, grandes barreiras, uma vermelhas e outras brancas; e a terra é toda chã e muito formosa. O sertão nos pareceu, visto do mar, muito grande; porque a estender os olhos não podíamos ver senão terra e arvoredos – terra que nos parecia muito extensa.

Até agora não pudemos saber se há ouro ou prata nela, ou outra coisa de metal, ou ferro; nem os vimos. Contudo, a terra em si é de bom clima, fresco e temperado, como os de Entre-D’Ouro-E-Minho, nesta época do ano. As águas são muitas; infinitas. De tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo, por causa das águas que tem!”

Glossário
Chã: plana
Degredado: exilado
Entre-D’Ouro-E-Minho: regiões litorâneas de Portugal
Légua: representava para os portugueses, 5.512 m.
Sertão: refere-se ao interior das terras encontradas.

Ângela Rocha
(Adaptação do Livrinho da CF e do Projeto Cartinhas Missionárias).

CARTINHAS MISSIONÁRIAS 2017: PROJETO MISSIONÁRIO


VAMOS INICIAR O PROJETO CARTINHAS MISSIONÁRIAS 2017!
As adesões para esta empreitada vão ATÉ 31 DE MARÇO/2017.
Para isso é preciso que todos os catequistas interessados sejam membros cadastrados no grupo CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO, quem ainda não é, cadastre-se AQUI e informe que gostaria de participar do grupo AQUI.

Depois, vamos adicionando vocês ao PROJETO CARTINHAS MISSIONÁRIAS. AQUI .

Ah! Você não sabe o que é o projeto CARTINHAS MISSIONÁRIAS? 

Saímos até na revista SOU CATEQUISTA - 13ª ed.!!!
Veja a matéria:

Mas, vamos conhecer o projeto:

O QUE É O PROJETO CARTINHAS MISSIONÁRIAS?


Uma ideia inspiradora que nos dá uma dimensão do que é ser discípulo e missionário na Igreja! Trata-se da troca de cartinhas entre catequizandos de várias partes do país para comemorar o Mês Missionário: Outubro! Tanto é que esperamos encerrar o projeto nesse mês.

De onde veio esta ideia?

Grupo Catequistas em Formação possui hoje quase 3.000 catequistas cadastrados (espalhados por paróquias de todo país e até do exterior), reunidos num grupo do Facebook. 

No início do ano, as administradoras do grupo lançam um convite aos catequistas para participar e se cadastrar no projeto. Informando, entre outras coisas: quantidade de catequizandos que possuem, faixa etária e etapa da catequese (Crisma, Perseverança, Eucaristia), localidade onde se encontram, etc. 

Estes catequistas são reunidos num grupo a parte, chamado Cartinhas Missionárias: 


Onde conversam, trocam dados de seus catequizandos e turmas; e notícias das cartas ao longo do projeto, que vai, normalmente até Outubro - Mês missionário. 


A administração do grupo separa os catequistas por EQUIPES de 2 ou até 3 turmas, tentando deixar as crianças da mesma faixa etária e etapa num mesmo grupo. Assim, uma catequista de Eucaristia do Paraná, por exemplo, pode incentivar sua turma a escrever para crianças de Minas Gerais, de uma outra catequista também cadastrada. Quem faz esta distribuição é a administração do grupo.


Normalmente as crianças escrevem as cartas durante um encontro catequético, com o tema “Ser missionário” ou outro pertinente, que fale da Missão de alcançar as pessoas, mesmo estando longes, em outra cidade, estado e até país. Neste ano, em especial, vamos falar nas cartinhas sobre a CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2017 – Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida. Roteiro AQUI.






As cartas são reunidas e enviadas, todas juntas, para o endereço da outra catequista, que se encarrega de entregar as cartas e postar as respostas. Normalmente há um sorteio para ver quem vai escrever primeiro e quem vai responder. Os catequizandos ficam tão animados que até pedem para continuar se correspondendo!




O grupo Catequistas em Formação, já está no QUINTO ano de edição do projeto. 

Para entender a dimensão deste projeto alguns números de 2016:


Os números impressionam, mas, o mais nos deixa feliz é a agitação que toma conta de cada pessoa que participa do projeto. As crianças e adolescentes ficam ansiosos pelas cartas, as catequistas colocam um novo dinamismo nos encontros e assim, a catequese se torna mais missionária.

Vamos participar?

Inscreva-se no projeto pedindo ADESÃO ao grupo:


Mas, não esqueça que, ANTES, precisa ter CADASTRO no CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO!

Primeiro clique no CADASTRO
Depois clique no PEDIDO DE ADESÃO
Por último clique no GRUPO CARTINHAS MISSIONÁRIAS


ATENÇÃO!
ORIENTAÇÕES PARA O PROJETO CARTINHAS MISSIONÁRIAS 2017!

1- As EQUIPES são compostas por 2 ou mais turmas sempre de cidades diferente.
2- As cartas sempre são pessoais, ou seja, nominais.
3- As cartas sempre são manuscritas, ou seja, escritas do próprio punho.
(Usem um “esquema” para as crianças e adolescentes escreverem as cartinhas, leiam e corrijam se necessário, peça que façam um rascunho antes se for preciso)
4- As cartas são enviadas pelo CORREIO, num envelope ÚNICO e grande, com todas as cartinhas dentro, em nome da catequista remetente e REGISTRADA.
5- Quem vai receber DEVE enviar a lista AQUI no grupo com os 1º nome e idade dos catequizandos para quem vai escrever primeiro, então já preparem essa lista.
6- Na postagem com a distribuição da sua EQUIPE já estará determinado quem escreverá primeiro.
7- Para os coordenadores que querem inscrever várias turmas, oriente os seus catequistas a se INSCREVEM no Grupo catequistas em Formação e pedirem ADESÃO aqui nas cartinhas. Cada catequista será RESPONSÁVEL pela sua correspondência. Vocês podem até fazer planilhas com nome do catequista e seus catequizandos e com quem cada um vai se corresponder. Assim podem ajudar os catequistas a se organizarem, mas, CADA CATEQUISTA se responsabiliza pela sua turma e o envio das correspondências.
8 – Iniciaremos as inscrições somente com a CIDADE e ESTADO, de vocês somente. Assim que tiverem o NOME e IDADE dos seus catequizandos, bem como a etapa (crisma, eucaristia, perseverança, etc.) informem numa POSTAGEM separada.
8- Teremos uma data LIMITE para envio das correspondências, tanto de quem começa, quanto de quem responde. Caso esta data não seja observada, o catequista estará FORA do projeto e substituiremos a turma por outra.
9 – Solicitamos que só se inscrevam as turmas cujas crianças estejam PLENAMENTE ALFABETIZADAS por conta da dificuldade de escrita e redação.
10 - Este ano as cartinhas serão "temáticas" para facilitar a redação: CF 2017 - Biomas Brasileiros. Acesse o roteiro AQUI.

Eventuais dúvidas, serão respondidas em nosso grupo no Facebook.






Grupo Catequistas em Formação
https://www.facebook.com/groups/catequistasemformacao/ 


ESTA É A PATRICIA G. RODRIGUES...


"Sou fã declarada do grupo CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO! Um belo dia, procurando material para encontros na catequese encontrei a página de vocês: Catequistas em Formação! Curti, segui, me tornei membro, fiz meu cadastro e com tantas postagens maravilhosas não tinha como não me apaixonar por vocês! São tantas matérias, dicas, encontros prontos e até alguns puxões de orelha que nos ajuda muito no nosso crescimento próprio e como catequistas. Peço a Deus que continue abençoando vcs todas nessa missão de evangelizar e formar não só, nós catequistas, mas também muitas outras pessoas que curtem as postagens. Obrigada por nos fazer pessoas melhores. Beijos!
Paróquia Nossa Senhora das Vitórias e Santo Antônio – Ribeirão das Neves-MG

Valeu Patrícia! Obrigada pelo carinho e pelo apoio!

ESTIMULANTE CATEQUÉTICO: Dinâmica de grupo

Uma interessante dinâmica de grupo para uma reunião ou encontro de catequistas, agora no início/retorno da catequese em 2017. 
Numa reunião de catequistas na minha paróquia, nossa coordenadora distribuiu um "remédio" verdadeiramente milagroso para melhorar nosso desempenho. As muitas "bolinhas" (MM ou Confetti) foram colocadas num saquinho transparente decorado com fita. Junto à fita, a bula enroladinha. Olha aí o que diz a bula:

ESTIMULANTE CATEQUÉTICO
LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE USAR!
COMPOSIÇÃO:
Os comprimidos contêm todas as virtudes que formam o estimulante Catequético: amor, humildade, criatividade, sinceridade, alegria, inspiração, energia, visão, garra, paixão, persistência, dedicação, integração e estudo.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE:
Por todas as experiências pelas quais passamos e por tudo o que temos estudado e comprovado, não há dúvidas que o Estimulante CATEQUETICO é o remédio ideal para qualquer tipo de crise. Para que o tratamento atinja seus objetivos é indispensável dedicação total de corpo e espírito para quem quer curar a causa e não o sintoma da doença. Destina-se a quem está disposto a sofrer uma transformação íntima e jamais se arrepender disso.

INDICAÇÕES:
Ao paciente que demonstrar de imediato apatia, desinteresse, pessimismo, falta de motivação, baixa auto-estima, descontrole emocional e tristeza. Recomendado especialmente para pessoas que desistiram de sonhar ou para as que desistiram de si próprias.

CONTRA-INDICAÇÕES:
Nem a mais avançada ciência é capaz de apontar uma contra-indicação para o amor, a positividade e a energia que o estimulante CATEQUÉTICO proporciona.

PRECAUÇÕES:
Mantenha este medicamento ao alcance de todas as pessoas para que possam ser intoxicadas. Mantenha também ao alcance de todas as crianças. Não há prazo de validade, pode ser usado por toda a vida e sem o conhecimento do seu médico.

POSOLOGIA E MODO DE USAR:
Adultos – 1 drágea por dia ao acordar ou se preferir tomar todas em dose única. O resultado é surpreendente.
Crianças – o tratamento deverá ser iniciado com muito amor. Tomando uma dose por dia com muito sorriso e muito carinho. Estímulo constante aos seus sonhos e criatividade, também fazem parte do tratamento.


Obrigada a Cláris Romero, Paróquia Rainha dos Apóstolos - Londrina PR, pela partilha!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

ROTEIRO DE ENCONTRO – A PAIXÃO DE CRISTO


Criação: Jin Hee Kin – São Paulo - SP




A
N
T
E
S
Interlocutores
(Catequizandos)
Catequizandos da 1º eucaristia
Idade : 8 a 13 anos
Duração
90 min
Local
Sala de catequese
Tema
Conteúdos
Paixão de Cristo

Objetivo(s)
- Prática da espiritualidade e contemplação.
- Vivenciar com os catequizandos o amor de Cristo. A dor mais cruel, a traição, a humilhação mais intensa, tudo é pequeno diante da realização suprema da vontade de Deus na vida. Será um encontro Orante e contemplativo
Material
(Ambiente)
Cartãozinho escrito “FIQUEM AQUI E VIGIEM COMIGO”.
Bíblia, Crucifixo, Manto vermelho e incenso numa mesa para contemplação e cadeiras em volta para as crianças.






D
U
R
A
N
T
E







Passos metodológicos

Acolhida
Receber com as crianças com uma música bem suave (canto gregoriano).
Palavra
1- Mt 26,36-41.
Perguntar individualmente: É POSSIVEL ESTAR
JUNTO COM JESUS NESSA HORA DE ANGUSTIA?
2- Mt 27,27-31. 
Imaginar a cena de zombaria.
3- Lc 23,33-38.
Colocar a música: “Ao morrer crucificado”.
Oração:
Depois das leituras pedir para olhar a cruz observando cada detalhe como as mãos os pregos a coroa de espinhos a expressão do rosto, e quem quiser fazer uma oração de joelhos, pode orar com gratidão por essa vida doada com tanta generosidade.
Atividades educativas
Encontro Orante e Contemplativo.

Incentivá–las a rezar em casa diante de um crucifixo pedindo a Jesus por todas as pessoas excluídas da sociedade, como presos, drogados, meninos de rua e outras que estão sofrendo:
A oração deve estar escrita num cartãozinho:

PAI, TORNA-ME SENSÍVEL AO SOFRIMENTO E A DOR
DE CADA PESSOA QUE ENCONTRO NO CAMINHO,
QUE MINHA COMPAIXÃO SE DEMONSTRE COM
GESTOS CONCRETOS. AMÉM.



Atividades
Sócio- transformadoras

Quando fazemos encontros celebrativos, orantes, as atividades sócio-transformadoras são mais abstratas, depende muito do sentimento de cada um na celebração.
Neste caso, o AGIR na vida cotidiana leva a mudança de valores e da maneira de se encarar a vida, mais profundas...
Portanto, não é necessário que o catequista dê pistas aos catequizandos de ações a serem feitas. As reflexões com o grupo já levam a isso.

D
E
P
O
I
S


Avaliação



Faça uma avaliação pós-encontro para analisar a capacidade de abstração, oração e contemplação dos catequizandos. Veja se o encontro foi frutuoso, se “mexeu” com o interior de cada um.
Pontos positivos, pontos negativos. O que mudar numa próxima vez.

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO