segunda-feira, 17 de abril de 2017

A ORAÇÃO É A RESPIRAÇÃO DA VIDA ESPIRITUAL


Apesar das nossas dificuldades (no que toca à oração ficamos quase sempre na infância da Fé), a oração é fundamental para alimentar a vida cristã. A oração é a respiração da vida espiritual. Não é possível crescer espiritualmente sem sermos introduzidos num dinamismo como o da respiração, no seu ritmo de inspiração- expiração. Por outras palavras: acolhimento e partilha. 

Seria totalmente errado pensar que a oração faz com que Deus nos substitua. Deus nunca nos substitui. Está conosco sempre, mas não está nunca em nosso lugar. Quando rezou o “Pai Nosso”, Jesus ensinou-nos a pedir o pão para cada dia (Mt 6, 11), mas isto não significa que nos tenha ensinado a cruzar os braços. O Apóstolo Paulo, por exemplo, diante de algumas coisas que aconteciam na comunidade de Tessalonica, disse aquela frase que acabou por ficar famosa: “Quem não trabalhar também não coma!” (2Ts 3, 10).

Mas, ao mesmo tempo, seria totalmente errado pensar que a oração não tem impacto real na nossa vida e é apenas um acessório religioso “para quem tem tempo para essas coisas”. É uma pena que a maior parte dos cristãos nunca consiga encontrar tempo para interromper um o ritmo do seu dia e conversar com Jesus, como quem “faz uma chamada”, como quem liga só para dizer olá ou para contar como está correndo o dia. Se nos treinássemos a conversar intimamente com Deus, a nossa Fé ia amadurecer, a nossa Esperança ia tornar-se mais robusta, e o nosso Amor ia ganhar qualidade. 

Porque toda a nossa vida ganha quando convivemos com as pessoas certas. Jesus está ao nosso alcance, é mais familiar e próximo do que estamos habituados a pensar, e Deus é mais íntimo a nós do que nós próprios!

Quando eu for levantado da terra atrairei tudo a mim”, disse Jesus (Jo 12, 32). Este é o segredo: deixarmos-nos ser atraídos, deixarmo-nos levar, aproveitarmos as ocasiões para o conhecermos melhor. Porque é impossível conhecê-lo de verdade e não se apaixonar por ele!


Rui Santiago, cssr

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO