terça-feira, 26 de junho de 2018

ROTEIRO DE ENCONTRO: SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO



Hoje partilhamos com vocês o encontro com o tema: Solenidade de São Pedro e São Paulo, evangelho de Mateus 16, 13-19.

Silvana Chavenco Santini e Regina Celia Fregadolli Auada   
Paróquia São José Operário – Maringá PR.

AMBIENTE:

Organizar o ambiente de maneira especial, utilizando vários símbolos:

- Bandeirinhas: para lembrar as festas juninas;
- Espada de plástico: para representar São Paulo;
- Chave feita de EVA: para representar São Pedro;
- Imagens dos santos se for possível (com os símbolos que os representam);
- Toalha de TNT vermelha: para representar o sangue dos santos mártires;
- Foto do Papa Francisco, que em nossos dias tem a missão de conduzir a Igreja.






Assim que os catequizandos entram na sala, já é possível perceber os olhares curiosos. Inicie pedindo para que eles observem tudo o que há de diferente no ambiente, como forma de mergulhar no assunto.

DINÂMICA: 

Usar massinha de modelar (comprar aquelas caixinhas simples que vem com 12 unidades coloridas).

Entregar uma massinha para cada catequizando. Pedir a eles que construam com a massinha, uma figura igual ao modelo.

Este modelo pode simples, como de um animal (Ratinho, por exemplo), quando o grupo for grande, usa pouca massa e não é tão fácil. Mas, o ideal é escolher um modelo como: um homem, uma mulher ou uma casa. Teria um significado muito mais rico, pois eles estariam construindo a "pessoa" ou a casa de todos nós, que é a Igreja, utilizando um determinado modelo.

 

O objetivo da dinâmica é mostrar que com um “modelo” a ser seguido, tudo se torna mais fácil. Encerrar a dinâmica sem muitos comentários. Recolher as massinhas para finalizar o momento de distração. Ao final do encontro, a dinâmica fará sentido.

SILENCIAMENTO:

Fazer um pequeno silenciamento utilizando a figura da chave. Agora essa chave representava a chave do nosso coração, e o momento era de abri-lo, e deixar Jesus entrar nele e ali fazer sua morada. Lembrar ao final, na reflexão do Evangelho que a “chave” também é o símbolo de São Pedro.

LEITURA DO EVANGELHO Mt 16, 13-19

SUGESTÃO PARA REFLEXÃO:

Em um diálogo com os discípulos, Jesus questiona sobre a sua identidade. Primeiro pergunta o que os outros estão dizendo sobre Ele. É evidente que Jesus sabia, mas, deu aos discípulos a oportunidade de partilhar. E foram várias as opiniões. Depois pergunta de forma direta aos discípulos: “E para vocês, quem sou eu? ”. Pedro, em nome dos discípulos dá a resposta que se torna a grande profissão de fé: “Tu és o Cristo (Messias), o Filho do Deus vivo”. Por esta demonstração de fé e intimidade com Deus, Jesus lhe disse: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja”. 

Hoje Jesus continua a nos fazer a mesma pergunta: “E para você quem eu sou? ” O catequista pode completar:
- Que importância Jesus tem na sua vida? Que lugar Ele ocupa?
- Estou disposto a enxergar as minhas falhas e mudar a minha vida?
- Entender quem é Jesus exige um compromisso. Não é possível estar perto de Jesus e não lutar pela construção do seu Reino. Não é possível conhecê-lo e guardá-lo somente para nós. O que você vai responder?

Lembrar ao final da reflexão do Evangelho que a “chave” também é o símbolo de São Pedro.

ATIVIDADE PARA PARTILHAR E CELEBRAR:

São Pedro e São Paulo são os principais pilares do cristianismo.

Vamos então conhecer mais a vida destes santos?

Levamos um pequeno material sobre a vida de São Pedro e São Paulo. Dividir a turma em 2 grupos, cada um fica responsável por um santo. Orientar os grupos a ler o material. Depois cada grupo partilha com os amigos aquilo que achou interessante.

TEXTO SOBRE SÃO PEDRO

Pedro nasceu em Betsaida, na Galileia. Era um pescador e foi o primeiro dos discípulos de Jesus. Se chamava Simão e era filho de Jonas e irmão de André que também se tornou um dos primeiros discípulos de Jesus e também um dos doze apóstolos.
Em seu primeiro encontro com Jesus, ouviu-o dizer: “Tu é Simão, filho de João; serás chamado Cefas (que quer dizer pedra) ”. Dar-lhe um novo nome queria indicar-lhe a missão a que estava destinado. Deixou tudo para seguir Jesus.

Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus por 3 vezes. Foi martirizado em uma das perseguições aos cristãos, sendo crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido, por não se julgar digno de morrer como seu Senhor.


TEXTO SOBRE SÃO PAULO

São Paulo se chamava Saulo. Nasceu na cidade de Tarso. Era soldado romano e um grande perseguidor dos cristãos. Era um homem muito estudado e inteligente. Saulo se converteu quando ia para a cidade de Damasco. No caminho, Jesus apareceu para ele em forma de uma luz muito forte que o cegou e o derrubou do cavalo. Ali ele se converteu e começou a pregar o Evangelho depois que recuperou a visão.

São Paulo teve um papel importantíssimo na difusão do Evangelho pelo mundo, pois como era de origem romana tinha livre acesso a todos os lugares dominados pelos romanos (diferente dos outros apóstolos que eram judeus).

ENCERRAMENTO:

Hoje somos convidados a modelar as nossas vidas assim como fizemos na dinâmica com a massinha (lembra como foi fácil fazer o ratinho observando o modelo?). Os santos foram pessoas humanas como nós, tiveram muitas falhas, cometeram erros, mas encontraram Jesus e tomaram a decisão de mudar de vida e de ajudar as outras pessoas a seguir o caminho certo. Quando Jesus nos chama, ele não olha o nosso passado, mas sim o nosso desejo de sermos pessoas melhores. Assim como São Pedro e São Paulo, nós também podemos ser luz e levar a salvação a muitas pessoas. Vamos tentar?
São Pedro e São Paulo, rogai por nós!



Postar um comentário