sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

ENCONTROS E REENCONTROS DE CATEQUESE

Terminado o período de carnaval, recomeça ou começa a CATEQUESE na maioria das paróquias.

E para deixar os pais e os catequizandos "por dentro" do calendário, nada como divulgar no jornal da paróquia, nas redes sociais e nas páginas da paróquia na internet...


E também precisamos mostrar o quanto estamos felizes com este reencontro! Com um cartãozinho, uma bala, um chocolate... e até mesmo um ovinho para já iniciar o assunto da Páscoa do Senhor... mas, antes, saber das férias, das aventuras, viagens, da escola e tudo mais que eles quiserem contar...
Existem vários modelos que você pode encontrar nas imagens do Google e em sites de catequese. É só escolher um e adaptar...
 

 


E também podemos fazer a DINÂMICA DO REENCONTRO!
Durante a narrativa da história o grupo deve fazer gestos a cada vez que aparecem as palavras, procurando pessoas diferentes a cada vez que o gesto se repetir. Incentive a turma a fazer os gestos com rapidez, sem retardar o ritmo da narrativa. Explique o significado das palavras e o gesto correspondente e faça um pequeno "ensaio" antes:
PAZ – Um aperto de mão
AMORbater palmas três vezes
SORRISOuma gargalhada

NARRATIVA: Era uma vez uma pessoa chamada Amor. Aquela pessoa chamada Amor sonhava sempre com a paz. Certo dia, descobriu que a vida só teria sentido quando ele encontrasse a paz. E foi exatamente naquele dia que o Amor saiu a procura da paz. Chegou ao local onde ia todos os dias e encontrou os seus amigos com um sorriso nos lábios. Então, Amor começou a perceber que o sorriso dos amigos comunicava a paz. E percebeu que a paz existe no íntimo de cada pessoa e, para vê-la basta aprender a dar um sorriso. No mesmo instante, seus amigos perguntaram juntos: Amor, ó Amor! Você sabe onde está a paz? Ao que ele respondeu: Sim, encontrei a paz. Ela existe dentro de cada um de nós. Basta darmos um sorriso.
Então, todos os que têm Amor tragam a paz e o sorriso para cá, para um só abraço. E assim, todos ouçam cada um dizer: Bem vindo!...

* Também podem ser acrescentados mais gestos e palavras à dinâmica.

(Desconheço o autor)

Enfim, vamos tornar este momento especial para nossos catequizandos! 

UM GRANDE ABRAÇO E UM FELIZ REENCONTRO!

Angela Rocha
Catequista

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

ARTE SACRA

Divulgando nossa Semana Catequética, utilizei esta bela imagem que capturei da capa do Itinerário Catequético da CNBB:

Arte: Lúcio Amério de Oliveira
E uma das leitoras da nossa Pagina no Facebook, perguntou que estilo de arte seria essa. Como não sou uma entendida de arte e sei apreciá-la somente com os olhos e com a levez que ela nos traz ao espírito, fui ver de onde ela se originava.

Na contra capa do livro, encontrei o nome do autor e também o endereço de sua página. Que surpresa agradável! Que deleite para nossos olhos! 

Arte: Lúcio Américo de Oliveira
Mais contente ainda fiquei pela pronta resposta do artista ao nosso questionamento sobre o estilo destas belas imagens. 

Lúcio Américo de Oliveira, assim se apresenta: "... um filho de Deus e um cristão católico, formado em Teologia pela PUC do Paraná e em Arte Educação pelas Faculdades Integradas Coração de Jesus de Santo André - SP. Por 9 anos fiz o caminho formativo junto à Ordem dos Frades Menores Conventuais, onde, por graça divina, fui apresentado ao mundo franciscano e seu jeito todo próprio de ser, e com ele, um mundo de cores e formas que conduzem a essa espiritualidade. Todos esses anos de formação e trabalhos que, desde o início, tendiam a uma visão mais universal sobre a arte e o serviço eclesial."

Sua resposta sobre o estilo de arte com o qual trabalha:

"Fico feliz por seu contato e agradecido pelas suas palavras, quanto a estilo, creio que o mais certo seja o iconográfico, bizantino não é em essência, mas se aproxima em alguns aspectos formais, mas também tem influência da arte contemporânea, indígena, africana. É uma arte que caminha com vertentes modernas de arte sacra e um mergulho sempre mais profunda nas raízes da fé cristã. Um busca pessoal que se reflete no meu modo de rezar, pensar e fazer arte sacra, a arte voltada para o culto cristão."

Para quem quiser conhecer melhor sua obra, recomendo uma visita sua página:



 


Catequistas em Formação


JORNADA QUARESMAL - EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS


 QUARESMA

“Assim como o corpo sem a alma é morto, a fé sem obras é morta.” (Tg 2, 26). 

A palavra QUARESMA se origina do número quarenta, que aparece várias vezes na Sagrada escritura, destacando o sentido de um tempo para a conversão e purificação. No Tempo Litúrgico da Quaresma a Igreja reflete sobre as práticas que nos levam às mudanças de pensar e agir. O tempo quaresmal tem seu início na quarta-feira de Cinzas e termina com o início do Tríduo Pascal. Durante este tempo os fiéis são convidados a um período de penitência e meditação, por meio da prática do Jejum, da Esmola e da Oração. Nas celebrações, principalmente as dominicais, as leituras bíblias, próprias para este tempo, abordam práticas e formas de cada fiel poder viver melhor sua caminhada com e para Deus. Todo fiel que desejar viver bem o tempo da quaresma e alcançar as virtudes santificadoras deve participar das celebrações e buscar praticar as obras de misericórdia.
Para isso, propomos que nesta Quaresma nos dediquemos a construir o nosso ser como pessoas melhores, tentando observar um exercício espiritual para cada dia da Quaresma, preparando-se para viver verdadeiramente a Páscoa.

Qual o objetivo dos exercícios espirituais?

Este quadro de exercícios tem por objetivo auxiliar os fieis na realização de boas obras. No quadro foi feita uma relação de quarenta ações santificadoras a serem praticadas. Você pode, na noite anterior, durante a sua oração, escolher qual atividade vai praticar no dia seguinte de acordo com seus compromissos e atividades diárias. Se não for possível praticar uma a cada dia, observe aquelas que de mais importância para que possam ser feitas.

Como fazer os exercícios?

1 – Tenha consigo a relação das práticas durante a sua oração diária, da noite ou da manhã;
2 – Escolha a atividade que melhor convier para aquele dia e vá assinalando à medida que for realizando, os exercícios são pessoais;
4 – Escreva uma lista de intenções e também sua lista de pessoas pelas quais deseja interceder e faça a Oração para o Tempo Quaresmal.

Lista de Intenções
Lista de Nomes













ORAÇÃO PARA O TEMPO QUARESMAL

Pai Nosso, que estais no céu,durante esta época de arrependimento,
Tende misericórdia de nós. Com nossa oração, nosso jejum e nossas boas obras,
transformai o nosso egoísmo em generosidade.
Abri os nossos corações à vossa Palavra, curai-nos das feridas do pecado,
Ajudai-nos a fazer o bem neste mundo. Que transformemos a escuridão e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos o que vos pedimos, por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém!


 JORNADA QUARESMAL – 40 EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS PARA A QUARESMA

“Que os  lugares onde a Igreja se manifesta, particularmente as nossas paróquias e as nossas comunidades, se  tornem ilhas de misericórdia no meio do mar da indiferença! ” (Papa Francisco).

Levarei materiais de higiene à minha paróquia para que seja encaminhado à pastoral carcerária.
Acenderei uma vela para o Anjo da Guarda de meus filhos e afilhados (ou Sobrinhos, netos).
Escreverei uma carta a alguém que há tempos não vejo (Ou enviarei uma mensagem).
Dedicarei minhas orações pela Juventude: Grupos de Jovens, Pastoral da Juventude.
Neste dia tomarei cuidado em não julgar as pessoas. (Jo 8, 1-11).
Levarei uma doação à Pastoral Social da minha paróquia.
Reservarei uma hora do dia para orar com um grupo de amigos (as). Lc 9, 28b-36.
Acolherei as pessoas, neste dia como se estas fossem Jesus.
Meditarei sobre a Via Sacra para o bem da minha fé ou participarei dela na comunidade.
Visitarei um enfermo.
Vou dedicar um dia especial à família.
Hoje levarei uma cesta de alimentos para minha paróquia.
Rezarei um Terço pelos que não creem.
Farei o terço da misericórdia pelas vocações sacerdotais
Consagrarei minha família ao Sagrado Coração de Jesus.
Minhas orações serão para as vítimas de guerra, conflitos e catástrofes naturais.
Rezarei a Novena de N. Sra. do Perpétuo Socorro pelo meu pároco e demais padres.
Farei uma oferta para as missões.
Minha oferta de hoje na missa será pela implantação do Reino de Deus.
Participarei da santa Missa em intenção às pessoas com quem não me relaciono muito bem.
Vou separar roupas para doar a alguma instituição.
Farei silêncio por meio dia (ou... horas), e meditarei sobre a palavra que sai da minha boca.
Em oração, perdoarei alguém que tenha me magoado/ofendido.
Levarei um dízimo especial à minha comunidade.
Organizarei uma reunião familiar para a oração do Terço.
Farei a novena da Padroeira (o) de minha paróquia pela fidelidade dos dizimistas.
Consagrarei meu dia à Nossa Senhora.
Minhas oraçãoes de hoje serão pela conversão das famílias.
Renovarei, diante do Santíssimo, meu compromisso para com a Palavra de Deus.
Hoje vou arrumar minha casa e separar utensílios que não uso e doá-los.
Meditarei o salmo 138.
Farei Vigília de uma hora diante do Santíssimo pelos que não tem fé.
Farei um bom ato de contrição e vou procurar me confessar. (Lc 13, 1-9).
Refletirei sobre a parábola do Filho pródigo. (Lc. 15, 11-32).
Buscarei falar sobre a Palavra de Deus a alguém.
Jejuarei pelos que sofrem tentações. (Lc 4, 1-13).
Hoje vou meditar e orar pelos trabalhos da Campanha da Fraternidade.
Hoje, dedicarei meu dia a orar pelas pessoas com necessidades especiais.
Hoje, irei ao cemitério orar pelas almas de entes queridos.
Farei uma ação concreta de generosidade sem que ninguém saiba.

Ângela Rocha
Catequista