quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ESTA É A GORETE AQUINO...



"Participo do grupo praticamente desde seu começo. Ser catequista é uma grande dádiva. Respiro catequese, busco sempre estar ao lado das crianças, aprendendo com elas e levando também um pouco daquilo que venho aprendendo ao longo desses anos com a troca de experiências com outros catequistas. Não consigo imaginar a minha vida sem a catequese. Amo muito.
Participar do Grupo
CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO, é uma grande dádiva. Aqui muito, tenho aprendido sendo com troca de experiências e/ou através da formação. Um catequista não pode exercer sua missão sem se preocupar com a constante renovação de seus conhecimentos.  Não saberia descrever a sua real importância e como estar aqui me ajuda na missão de catequista, mesmo já tendo uma experiência de caminhada, tudo que tenho aprendido aqui só me  a crescer e a melhorar a cada dia.” Lavras – MG.

Obrigada Gorete Aquino, pelo seu testemunho. A Gorete está comigo desde nossa primeira formação sobre Documentos da Igreja, quando nem existia ainda o Facebook por aqui! Rsrsrsr...

Minha amiga, companheira, que continuemos juntas ainda por quanto tempo Deus nos der por aqui! Deus a abençoe.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

40 PRÁTICAS DE AMOR...

Está chegando a  QUARESMA, tempo de CONVERSÃO, mudança de vida.
Que tal praticar, a cada dia, um ATO DE AMOR, seja pelo seu irmão, seja pela sua conversão?
Nós preparamos para você um "calendário" para ajudar você nestas pequenas práticas da Quaresma. 
Comece na Quarta-feiras de Cinzas, mude, acrescente, adapte ao seu cotidiano, e faça delas uma prática constante além deste tempo:






Catequistas em Formação

MISTAGOGIA...


Uma palavra das escrituras,
um aperto de mão ou um abraço,
O versículo de um salmo, 
um gesto de oração,
a água benta respingando em nós,
a luz de uma vela acesa,
o cheiro do incenso e sua subida para o alto,
a luz do sol que passa persistente por uma fresta da porta
ou da janela,
as palavras ou o gesto da bênção,
um profundo silêncio,
uma aclamação vigorosa,
um abraço verdadeiro de reconciliação,
o Pão e o Vinho partilhados,
a unção com o crisma ou com o óleo dos enfermos...
Tudo isto pode se tornar para nós um momento de descoberta,
de revelação da profundidade do amor de Deus e do sentido de nossa vida e de nossa morte,
de nossos encontros e desencontros,
de nossas alegrias e tristezas,
de nossas esperanças e desilusões...
Tudo isso pode aprofundar nossa opção por ele,
pelo caminho do seguimento e da missão em seu nome,
na fidelidade a todo custo.
(Ione Buyst)

ROTEIRO DE ENCONTRO CATEQUÉTICO – NASCIMENTO E INFÂNCIA DE JESUS



Criação: Neto Soares – Pindamonhangaba - SP





A
N
T
E
S
Interlocutores
(Catequizandos)

Primeira Eucaristia: 2º tempo/etapa

Idade: 9 a 10 anos
Duração

1h e meia
Local

Sala de catequese
Tema/Conteúdos

 Nascimento e Infância de Jesus
Objetivo(s)
- Anunciar aos catequizandos que o filho de Deus fez-se homem entre nós, nasceu em Belém, numa gruta, símbolo de pobreza. Auxiliando os catequizandos a entenderem que Jesus é o Filho de Deus que veio ao nosso encontro por amor, para nos libertar e salvar do pecado e da morte. Ele se fez criança, como nós, pobre e simples, mostrando que Deus está em todos os lugares, principalmente para aqueles que mais sofrem.

OBS.: precisamos nos lembrar que OBJETIVO, não é o que "eu vou fazer", mas, o que eu "pretendo com isso". Então vamos pensar assim: O que você quer despertar nas crianças falando do anúncio? Do nascimento? Da infância de Jesus?

Material
(Recursos)
 Vela, Bíblia, Mapa da Palestina, Cartolina. Figuras presentes nas passagens que serão abordadas.








D
U
R
A
N
T
E








Passos
metodológicos
Acolhida/Motivação
Todos se abraçam e desejam para o amiguinho um bom encontro de catequese. Tocar no violão e cantar: A alegria está no coração.

Além de acolher as crianças com o abraço e a música, aqui se deve MOTIVAR AO TEMA, despertar interesse e atenção ao que se vai falar.

Por exemplo, deixar exposto uma figura ou um cartaz que leve as crianças a curiosidade de saber do que se vai falar.

Já que vai falar do nascimento, pode ser até um berço de palha no centro da sala. Ou mesmo utilizar uma dinâmica.

Palavra:
Mt 1,21-25 (leitura), Lc 2, 1-20 (contar com as suas  palavras).
Oração
Ave-Maria pausadamente

(Trabalhar o entendimento da oração lembrando que as palavras ditas na oração são do Anjo Gabriel e de Isabel)
Atividades educativas
- As figuras relativas ao texto lido e comentado serão coladas na cartolina seguindo a ordem dos acontecimentos, ex: Anjo, Maria, Imperador (que ordenou o recenseamento), José, menino (bebê), Pastores, Jesus Menino no templo etc.

- As crianças serão divididas em duplas e deverão, com suas palavras recordar os fatos narrados pelo catequista, apoiados nas figuras da cartolina.

 -Perguntas, trazendo para nossa realidade os fatos daquela época:

- Assim como os pastores acreditaram no Anjo que anunciou a mensagem de Deus, como nós recebemos a palavra de Deus, procuramos entender e praticar a palavra de Deus? Como?

- Se acreditamos que Jesus está sempre conosco, como devemos agir com relação ao próximo?



Compromisso
(sócio-transformador)
 - Depois das reflexões, tentar descobrir (ver com as crianças se eles conhecem) alguma família do bairro que seja carente e que tenha um recém-nascido ou um bebê pequeno em casa. (Fazer com que as próprias crianças tenham idéias sobre o que levar à família: fraldas, leite, bolacha, etc...). Combinar a visita à família pelas crianças da catequese.


D
E
P
O
I
S



Avaliação

Fazer uma avaliação da receptividade das crianças ao tema. Pontos positivos e negativos.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

ESTA É A MARIA VANDA...

"Tenho uma grande alegria em fazer parte do grupo CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO. Minha vida teve outro sentido, sabendo que tenho sempre alguém para me ajudar a tirar algumas duvidas quando preciso. E me ajudou muito na minha vida espiritual as orações, as dinâmicas e os seus ensinamentos. Também me ajudou muito a ter mais conhecimento de coisas que eu não sabia sobre a catequese. Sinto-me fortalecida nas coisas de DEUS. Muito obrigada Catequistas em Formação! Que o Espírito Santo esteja sempre com todos nós em nossa caminhada.
Sou da paroquia Nossa Senhora Aparecida em uma vila chamada Extrema, próximo de Porto Velho e próximo do Acre."


Gente, olha só no mapa onde está a Maria Vanda! E só por exercer esta missão num lugar tão distante, ela já merece um KIT, não merece?

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO