segunda-feira, 25 de setembro de 2017

SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA: “Eu e a Palavra de Deus...”

Qual o meu versículo preferido e por que?


"Aceite tudo o que lhe acontecer e seja paciente nas situações dolorosas, porque o ouro é provado no fogo, e as pessoas escolhidas, no forno da humilhação. Confie no Senhor e Ele o ajudará; seja reto o seu caminho, e espere no Senhor."
(Eclesiástico 2, 4-6)

Essa passagem faz todo sentido numa época da minha vida pessoal, matrimonial e familiar.


Rosane Beatriz Ramos Alves – Navegantes - SC

domingo, 24 de setembro de 2017

ASSIM COMO SÃO PAULO...


Um testemunho e exemplo dos crismandos da Paróquia Santo Antonio de Bocaiúva do Sul - PR. Comemorando o Mês da Bíblia, eles saíram às ruas da cidade entregando "cartas" de amor e paz.

"Assim como São Paulo anunciou Cristo a comunidade de Tessalônica, nós o anunciamos ontem a comunidade de Bocaiúva do Sul - Pr. Fizemos cartas, inspiradas pelo Espírito Santo de Deus e baseadas na Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses, e fomos as ruas e comércios de nossa cidade. Entregando as cartas, falando de Cristo e saudando a todos com um abraço da paz."
Paróquia: Santo Antônio 
Bocaiúva do Sul -Pr - 3º ano Crisma








 




Parabéns Anette Alberti e crismandos da Paróquia Santo Antonio! 
Isso é SER e FAZER catequese!

SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA: “Eu e a Palavra de Deus...”

Qual o meu versículo preferido e por que?


" Louvai o Senhor, porque ele é bom, eterna é a sua misericórdia " 
(Salmo 106)

Em meio as correrias , tribulações e todos e qualquer momento da vida , devemos ou deveríamos dar Graças e louvar a Deus. "Em tudo dai graças".


Ana Freitas – Rio de Janeiro - RJ

sábado, 23 de setembro de 2017

OS DEZ MANDAMENTOS PARA SE LER A BÍBLIA


1. Nunca achar que somos os primeiros que leram a Santa Escritura. Muitos, muitíssimos, através dos séculos, a leram, meditaram, viveram e transmitiram. Os melhores intérpretes da Bíblia são os santos.

2. A Escritura é o livro da comunidade eclesial. Nossa leitura, ainda que seja em solidão, jamais poderá ser solitária. Para lê-la com proveito, é preciso inserir-se na grande corrente eclesial que é conduzida e guiada pelo Espírito Santo.

3. A Bíblia é “Alguém”. Por isso, é lida e celebrada ao mesmo tempo. A melhor leitura da Bíblia é a que se faz na Liturgia.

4. O centro da Sagrada Escritura é Cristo; por isso, tudo deve ser lido sob o olhar de Cristo e buscando n’Ele seu cumprimento. Cristo é a chave interpretativa da Sagrada Escritura.

5. Nunca esquecer de que na Bíblia encontramos fatos e frases, obras e palavras intimamente unidos uns aos outros; as palavras anunciam e iluminam os fatos, e os fatos realizam e confirmam as palavras.

6. Uma maneira prática e proveitosa de ler a Escritura é começar com os Santos Evangelhos, continuar com os Atos dos Apóstolos e Cartas e ir misturando com algum livro do Antigo Testamento: Gênesis, Êxodo, Juízes, Samuel etc. Não querer ler o livro do Levítico de uma só vez, por exemplo. Os Salmos devem ser o livro de oração dos grupos bíblicos. Os profetas são a “alma” do Antigo Testamento: é preciso dedicar-lhes um estudo especial.

7. A Bíblia é conquistada como a cidade de Jericó: “dando voltas”. Por isso, é bom ler os lugares paralelos. É um método interessante e muito proveitoso. Um texto esclarece o outro, segundo o que diz Santo Agostinho: “O Antigo Testamento fica patente no Novo e o Novo está latente no Antigo”.

8. A Bíblia deve ser lida e meditada com o mesmo espírito com que foi escrita. O Espírito Santo é o seu principal autor e intérprete. É preciso invocá-lo sempre antes de começar a lê-la e, no final, agradecer-lhe.

9. A Santa Bíblia nunca deve ser utilizada para criticar e condenar os demais.

10. Todo texto bíblico tem um contexto histórico em que se originou e um contexto literário em que foi escrito. Um texto bíblico, fora do seu contexto histórico e literário, é um pretexto para manipular a Palavra de Deus. Isso é tomar o nome de Deus em vão.


Mario de Gasperín - Bispo de Querétaro – México

SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA: “Eu e a Palavra de Deus...”

Qual o meu versículo preferido e por que?


"Um tempo para cada coisa. Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo do céu."
(Eclesiastes 3, 1)

Deixei de ser impaciente por causa desse versículo.

Fátima Costa – Santa Fé do Sul - SP

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO