domingo, 22 de janeiro de 2017

20.000 CURTIDAS NO FACEBOOK: COM A GRAÇA DE DEUS!

REDES SOCIAIS NA INTERNET : Um novo modelo de relacionamento!   


Há algum tempo atrás só conseguíamos fazer amigos se nos encontrássemos fisicamente com alguém. Mas, isso mudou com a tecnologia web e as inúmeras formas de contato via internet.

Hoje podemos ter amigos no mundo inteiro, falar com esses amigos e vê-los em tempo real através de uma webcam, enviar fotos, vídeos, enfim. Mas há quem diga que essas amizades são efêmeras e duram o tempo de uma nova atualização do software. A cada segundo tudo se renova no mundo da internet e o chamado “ciberespaço” se expande e muda a cada instante. E assim mudam os interesses e multiplicam-se as “amizades”. Dizer que relacionamentos assim são menos verdadeiros que aqueles que fazemos no nosso dia-a-dia é, no mínimo, presunção. Pois muitos relacionamentos originados na internet transformam-se em contato físico e em “presença”. Quantos destes relacionamentos sobrevivem, não podemos precisar, mas sabe-se que até casamentos começaram assim.  

Fato é que, a internet deixou de ser uma “ferramenta” de comunicação e passou a ser um “universo” a parte em nossos relacionamentos. Podemos claramente dizer que temos uma “outra vida”, além daquela comumente vivida no cotidiano do trabalho, escola, família e amigos. Temos nossos perfis nas redes sociais, nossos contatos no Messenger, Whatsapp, Twitter, Instagram... isso para não falar de outras redes. São muitos amigos virtuais para conversar e interagir. E esses amigos passaram a fazer parte de nossas vidas, tanto quanto aqueles que conhecemos nossa vida toda. Às vezes de uma maneira mais intensa até.

Talvez isso seja mais fácil, porque podemos derramar livremente nossos sentimentos quando não temos que nos deparar com os olhos reprovadores da outra pessoa. È mais fácil confessar nossas falhas e nossos limites sem a presença física de alguém que, certamente, teria algo a dizer. Dá para conceber monólogos de páginas inteiras sem qualquer intervenção em sua fala. Dá para deletar frases que não queremos na verdade dizer... Assim como dá para “apagar” o amigo, quando ele não se faz mais necessário ou se descobrimos nele, algo que nos desagrada.

Estranho dizer isso depois de afirmar que amizades na internet podem ser mais intensas? Não. Acredito que não. Assim como é fácil fazer amizade na internet, é mais fácil ainda, “desfazê-la”. Dificilmente nos encontraremos “por acaso” no ciberespaço e ensaiaremos uma conversa constrangedora. Esse é o novo modelo de amigo. Que de uma relação estreitamente cultivada pode passar a uma ignorância total de existência. Basta que se perca o contato, que se apague o e-mail ou bloqueie o contato nos serviços mensageiros. Acaba-se aí um relacionamento sem cobranças ou encontros embaraçosos. Simples assim.


Mas, quando de trata de “relacionamentos” com “afinidades”, já não é tão "simples" assim de acabar. 

Um exemplo são os Grupos formados nas redes (aqui estamos falando do Facebook), com pessoas que possuem os mesmos objetivos e comungam da mesma “Missão”, estes, são muito mais duradouros e cada dia agregam mais pessoas. Um exemplo é o “CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO”. Criado a princípio para partilha de informação e conteúdo de catequese da Igreja Católica, hoje ele é muito mais que isso, é um canal de interação e ENCONTRO de pessoas.

Não é qualquer grupo da internet que consegue um número expressivo de pessoas “cadastradas”, ou seja, com informações pessoais sobre sua ação pastoral na Igreja Católica. Hoje são 2.738 catequistas cadastrados no grupo, atuando na Igreja Católica, direta ou indiretamente, na pastoral catequética. E estes catequistas fazem com que numa página pública (Fanpage), as publicações cheguem aos alcance semanal de mais de 50 mil pessoas. Não é a toa que, com três anos de existência, a página tenha alcançado no nº de 20.000 SEGUIDORES (Curtidas).

Também é notório citar o BLOG dos “Catequistas em Formação”, que está com quase 2 MILHÕES de visualizações em seus cinco anos de atuação na Web.

Por isso, agradeço aqui por todos os “cliques” que recebemos aos longo dos nossos SEIS ANOS de existência na Rede Mundial de Computadores; seja no Facebook – grupo ou página - no Twitter ou no Blog. Da mesma forma agradeço a Deus pelo espírito evangelizador que mora no coração de cada EVANGELIZADOR deste grupo, a quem chamo também de AMIGOS. E amigos REAIS!

Da mesma forma, agradeço a todos os ADMINISTRADORES: aqueles que já passaram por aqui como colaboradores na Administração do Grupo; aqueles(as) que comprometidos com a missão, estão conosco hoje; e abraço a cada um que, com despojamento e comprometimento, venha a se oferecer para ajudar de alguma forma. Precisamos sempre de novas mãos para usar o teclado, assim como precisamos sempre de corações e mentes abertas e disposta a aprender!

Administradoras e Colaboradoras 2017
Obrigada CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO! Nós existimos porque todos vocês existem!

Ângela Rocha
ADM Catequistas em Formação




SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO