sexta-feira, 10 de julho de 2015

BATATA QUENTE ...

Tive encontro hoje...  Estou quebrada. Quarenta e nove anos não é idade pra se sentar no chão e ficar levantando toda hora...

Mas a "Batata quente" é assim: “Quente, quente, quente, quente, quente... e queimou!!!”

E se você estiver com a bola na mão é tua vez de dizer o mandamento e levantar para "assar" a batata. E “assamos” batata dos Mandamentos, dos Sacramentos, dos Dons do Espírito Santo... E os danadinhos se aproveitavam de mim... quando viam que eu estava com a bola, lá se ia o: Queimooooouuu! No fim  da brincadeira nem conseguia mais levantar do chão. Aí as meninas foram me ajudar e acabamos todos rolando no chão... Por fim fomos a Igreja rezar e entre cochichos aqui e ali combinamos uma festa junina só pra nós dia 14, último encontro antes das férias. E semana que vêm: catequese na casa do Valter! E dia 18 de Julho: FESTA DO PAI NOSSO!

E como se brinca disso?

Assim ó...

A gente senta no chão em círculo, tipo índio. Um de nós vai lá pro cantinho e fica virado pra parede e falando:

"Batata quente, quente, quente, quente... (quantas vezes quiser) e aí sem avisar se vira e diz "Queimouuu!”

Quem está no círculo vai passando uma bola de mão em mão e contando até dez. Ninguém quer ficar com a bola, pois quando a pessoa que estiver na parede gritar o "queimou", vai ter que dizer o mandamento, conforme o número que estava contando. Se não souber paga mico! E teve gente botando ovo, imitando macaco, mugindo igual vaca, contando por quem é apaixonado, contando piada... 
Aí, é a vez de quem estava com a bola ir pra parede.

Essa brincadeira a gente usa com os Dez mandamentos, os Sete sacramentos, os Sete dons... e aquilo que a imaginação mandar.

Ângela Rocha - Catequista


SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO