sexta-feira, 29 de março de 2019

SUGESTÃO DE ENCONTRO: O FILHO PRÓDIGO

Mais um roteiro de encontro sugerido para este tempo da Quaresma, presenteado pela Gisele Araújo!


ROTEIRO DE ENCONTRO: PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO
4º Domingo da Quaresma.

Acolhida e Oração Inicial:

Cumprimentar alegremente a todos e convidar a ficar em círculo. Agradecer pela semana e pela alegria do encontro fazendo uma ação de graças espontânea. Incentive-os a criar os agradecimentos:

“Obrigada Senhor pelo nosso encontro...”
“Obrigada Senhor pela semana boa que tive...”
“Obrigada Senhor pelos meus amigos...”
“Obrigada Senhor pela minha catequista...”
Etc, etc...

DINÂMICA DO ABRAÇO:

- Escolher quantos e quais os tipos de abraços serão utilizados e confeccionar cartões. Pode-se fazer um cartaz e colocar somente o nº do abraço numa caixa:

Tipos de abraço:

     1.    Abraço de urso – bem apertado, ergue o amigo do chão.
     2.    Abraço de lado – ficam os amigos lado a lado e se abraçam.


3.  Abraço pelas costas – o amigo abraça o outro pelas costas.
    4.  Abraço do fundo do coração – é aquele com carinho.



5.  Abraço zen – encostar as palmas das mãos um no outro.
6.  Abraço sanduíche – escolher dois amigos e um fica no meio para o abraço.
  

7.  Abraço grupal – todos os participantes se abraçam uns aos outros formando um grande círculo.
8.  Abraço de rosto colado – encostar o rosto no amigo e abraçar.

 9.  Abraço clássico – abraçam-se normalmente.
10. Abraço relâmpago – um abraço rápido.


11. Toque extra – tapinhas nas costas.


- Colocar em uma caixa ou pacote/sacola, os cartões com os tipos de abraços.

- A dinâmica consiste em passar a caixa de mão em mão, enquanto a música estiver tocando, quando parar a música a pessoa que estiver de posse da caixa pegará um cartão ou a ficha numerada com o tipo de abraço a ser dado pelo participante, e ou, participantes. Escolhe quem vai receber o abraço. A dinâmica termina quando todos os cartões forem sorteados e todos forem abraçados.

Música utilizada: ♫ “Que abraço bom que você tem!” -  Quelly Silva

* Adaptação da dinâmica "Tipos de abraços" do Blog “Contar e encantar”:

DISCUSSÃO SOBRE O VALOR DE UM ABRAÇO:

O que pode significar? Quem costumamos abraçar? Porque abraçamos?

Um abraço pode significar muitas coisas, mas hoje no evangelho de Lucas, vamos ver que um abraço também significa:
Eu te acolho...
Eu te perdoo...
Eu senti sua falta e... acima de tudo
EU TE AMO e estava a tua espera.

EVANGELHO: LUCAS 15,11-32.

Ler calmamente o trecho do Evangelho e em seguida passar o vídeo: 

A Parábola do Filho Pródigo: https://www.youtube.com/watch?v=LBeTb9eo70A


REFLEXÃO SOBRE O TEMA:

A Parábola do filho pródigo é umas das mais belas passagens da bíblia. É uma história de amor e perdão; uma história de idas e vindas; uma história de recomeço.
Podemos refletir esta parábola de diferentes ângulos: podemos discutir sobre o comportamento do filho mais velho, do filho mais novo, do pai, dos amigos que ajudaram a gastar o dinheiro ou sobre a forma como o patrão tratava seus empregados. Mas hoje vamos olhar para essa história sobre o olhar do filho mais novo e seu pai.

Caminho do filho mais novo:

HERANÇA → PARTIU → GASTOU FORTUNA → ENTRA EM SI → REFLETE → LEVANTA → VOLTA

Esse caminho percorrido pelo filho pródigo nos ensina muitas coisas, ensina-nos que para voltar, para recomeçar, para pedir perdão é necessária uma ação. Este filho precisou entrar em si; refletir; levantar e voltar a casa do pai.

Este filho conseguiu recordar do amor de Deus e retornar, mas quantos jovens conhecemos que deixam a casa dos pais para sair em busca de outras realidades, de drogas e de um mundo fácil, e que após perderem tudo, não retornam para suas casas, porque não tem coragem de levantar.

E quantas vezes brigamos, nos distanciamos de algumas pessoas e não somos capazes de voltar a trás. Temos hoje tantas formas de nos comunicar e não somos capazes de dar o primeiro passo e nos aproximar? Volte de alguma forma volte para casa.

- Indicar as placas confeccionadas com menção as redes sociais. Hoje em dia temos muito mais facilidades para nos comunicarmos, as distâncias são bem menores. Use sua criatividade para fazer a reflexão!


*No final do encontro, distribuir as moedas de chocolate.

Caminho do PAI:

ABRE MÃO DO DINHEIRO → ESPERA → ABRAÇA → PERDOA

Simples assim, o PAI não reluta ao entregar a parte da herança ao seu filho, mesmo triste por dentro, faz a vontade deste. E durante todo o tempo que o filho esteve longe, o PAI, continuou todos os dias a levantar e esperar ele retornar. Acaso o pai sabia que o filho voltaria? Não. Mas como PAI que ama, sempre acreditou em sua volta.

E quando o PAI enxerga longe o filho voltando, qual a sua reação? Acaso ele perguntou ao filho, onde esteve, onde gastou o dinheiro? NÃO, como PAI ele o ABRAÇOU e o acolheu. Naquele ABRAÇO, o PAI dizia, EU TE AMO, EU TE PERDOO E EU SEMPRE ESTIVE A SUA ESPERA.

Assim Jesus sempre está a nossa espera, está sempre disposto a nos perdoar e a nos acolher, mas precisamos ter coragem de levantar e voltar.
        
Pensemos agora em todos os pais que ainda estão à espera de seus filhos, naqueles pais que viram seus filhos irem embora por causa de drogas e de tantos outros motivos, naqueles pais que todos os dias olham a janela na esperança de ver eles retornando, ou ficam ao lado do telefone esperando uma ligação. Peçamos para que Deus em sua infinita misericórdia os abençoe e os de força para continuar suas vidas e ter um dia a graça de poder os abraçar novamente.

CONCLUSÃO:



- Entregar as lembranças confeccionadas com a mensagem: ME PERDOA.

Mencionar que o pequeno cartão é para ser entregue a quem sentimos que devemos pedir perdão. Ou simplesmente para recordarmos de que temos sempre um PAI disposto a nos perdoar. Terminar com um grande abraço coletivo.

* Imagem do menino retirada do site abaixo:

ORAÇÃO FINAL:

De mãos dadas rezar o Pai Nosso e lembrar e reforçar ao final o trecho:

“Perdoai as nossas ofensas, assim como temos perdoado a quem nos tem ofendido...”

Catequista Gisele Antonieta de Araújo
Paróquia Santo Antônio – Bocaiúva do Sul – PR.







4 comentários:

Unknown disse...

Parabéns, está ótimo este encontro.

Angela Rocha disse...

Obrigada! E parabébs à Gisele Araújo

Cristina Domingues disse...

Ontem usei essa sugestão de encontro com minha turma de perseverança. Usei tudo: figuras de abraço, moedas de chocolate, plaquinhas e o cartão "me perdoa". Deu super certo, desde o tempo, quanto a participação das crianças . Obrigada por partilhar esse encontro!!!

Unknown disse...

Obrigada😊