sexta-feira, 22 de abril de 2016

Entrar no “Espírito” de Deus...



Estar no Espírito.
Entrar no Espírito.

Veja bem, se Deus está ativo no mundo, se Deus quer contagiar o mundo com a sua maneira de ser e, nós sabemos, não pode fazer isso sozinho; então, esta é a hora de entrar na lógica do Reino de Deus. Esta é a hora de entrar no “Espírito de Deus”.

- Pronto! Começou a complicar. Entrar no espírito de Deus é exatamente o que?

Imagine se eu disser simplesmente: “entrar no espírito”...

Veja este exemplo: Falo para um amigo: “Vamos lá, vamos sair beber alguma coisa? Vamos nos divertir? ”, ao que meu amigo responde: “Não. Deixa quieto. Não estou com espírito pra isso. ” Percebeu? “Entrar no espírito” não muda de sentido só porque o contexto é outro. Entrar no Espírito é pôr-se no espírito, entrar na onda, sintonizar.

Se você vai a um jogo de futebol, como você entra no espírito? Veste a camisa do time, pega uma corneta, a bandeira e vai mais cedo para o estádio; canta o hino, discute as táticas do jogo com os outros torcedores enquanto come algum petisco e toma uma cerveja, não é mesmo?

Então, entrar no espírito de Deus, é entrar na onda com d’Ele, pegar o jeito d’Ele, aprender d’Ele e com Ele.

Jesus estava constantemente a puxar os discípulos para entrar no espírito do Reino. Na última ceia Ele disse: “Dei-lhes um exemplo para que assim como eu fiz, o façam também aos outros” ou, quando Pedro se recusou a deixar que Jesus lhe lavasse os pés, Jesus disse-lhe: “Se eu não te lavar os pés, não você não tem nada a ver comigo”. Porque este é o “espírito” do Reino de Deus.

E por isso, para entrarmos neste espírito, é que temos que fazer o que Jesus manda! Ele diz, a gente faz. Ele está contente, a gente contenta-se. E há maneira melhor de entrar no espírito de Deus do que aprendendo com o Filho, que é a cara do Pai? Não há! Não é mesmo?


( UQ? “A fé em linguagem simples”- Missionários Redentoristas – www.crrr.pt )

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO