quarta-feira, 7 de setembro de 2016

ROTEIRO DE ENCONTRO: Pecado é viver longe de Deus!

PECADO É VIVER LONGE DE DEUS!

Objetivo: Que os catequizandos se conscientizem de que pecar é dizer não a Deus e a seu projeto de amor e comunhão com a comunidade. Trabalhar o sacramento da reconciliação.

Ambiente: Duas velas, uma acesa outra apagada. Um copo de água com uma flor e outro com uma flor seca. Refletir sobre os símbolos para chegar a conclusão de que nossa vida sem Deus é uma vela apagada ou uma flor sem água.

Iniciando o assunto: Deus não nos criou perfeitos, mas criou-nos a caminho da perfeição. Para atingiremos essa perfeição é muito importante estarmos com Deus, que nos leva para o caminho da felicidade. Sozinhos, nada podemos fazer. Mas, junto de Deus somos mais fortes e vencemos os nossos limites. Nossos pecados começam quando fugimos de Deus e queremos ser deuses para nós mesmos.

LEITURA BÍBLIA: Gn 3, 1-13.

Depois da primeira leitura, fazer uma segunda mais pausada, pedindo que seja feita uma reflexão sobre as palavras ouvidas. Qual será que foi o “primeiro” dos pecados do Homem/mulher?
Tente suscitar respostas e reflexão dos catequizandos para depois finalizar.
- Não escutar a Deus e querer ser igual a ele... Falta de confiança em quem nos ama e nos orienta; inveja e desobediência.
- Fazer a dinâmica do erro x perdão.

DINÂMICA:

Erro e perdão:

Material:
- Um copo (representa o nosso coração);
- Pedras pequenas (representam nossos pecados);
- Água (representa o amor de Deus);
- Uma bacia;
- Uma pinça ou pegador de gelo.

Desenvolvimento:

Apresentar um copo cheio d´água dentro de uma bacia (para não derramar no ambiente). Explicar que Deus nos criou no amor e para o amor. Deus nos fez "cheios" de sua graça, do seu amor de sua bondade, porém quando nos afastamos do amor de Deus o pecado vai entrando em nosso coração (colocar algumas pedras no copo com água) e vai ocupando o espaço do amor de Deus, assim o nosso coração fica duro, brigão, cheio de mágoas, violento, invejoso, mentiroso... Tudo isso acontece quando não sentimos o amor de Deus.

E será que depois disso, depois de ter um coração empedrado, Deus nos abandona? Será que Deus deixa de nos amar? NÃO. NUNCA!

Mas como Deus não desiste de nós, nos enviou seu Filho Jesus Cristo com o poder de perdoar nossos pecados e "limpar" o nosso coração do mal. (com o pegador ou a pinça tirar as pedras). Jesus é Deus, Ele quer e pode tirar do nosso coração tudo o que nos impede de sermos felizes. Agora que saíram os pecados (pedras que representam mentira, inveja, etc.) o que ficou faltando? (mostrar o copo e esperar que respondam).

Pois é, como Deus nos criou para estarmos sempre cheios de amor, além de tirar os pecados Jesus também quer que sejamos felizes e quer nos encher com o seu amor, sua força.

Agora, se o nosso coração está em pecado, cheio de pedras, como podemos fazer? Como podemos tirar nossos pecados? Sabemos que Jesus não veio para nos acusar ou condenar, Ele veio para nos salvar e nos "limpar". (Lembrar do sacramento da reconciliação e penitência).

Para livrarmos nosso coração do pecado, precisamos reconhecê-los e confessar nossos pecados ao padre que representa Jesus. Ao nos confessarmos com o padre estamos “admitindo” nossa culpa em voz alta, reconhecendo-nos pecadores.

Cometemos pecado quando somos egoístas e queremos ser felizes sem Deus e sem os irmãos.
Podemos nos afastar de Deus e dos irmãos fazendo o mal por meio de:
- Pensamentos (quando pensamos mal das pessoas e julgamos)
- Palavras (quando proferimos palavras que não são para o bem, ofensas).
- Ações (quando fazemos o mal de propósito).
- Omissões (quando deixamos de fazer o bem ou falar bem dos outros)

ORAÇÃO:

Vamos pedir perdão a Deus porque quando pecamos "jogamos fora" o Seu amor.
- Agora cada um vai pensar no que fez e não agradou a Deus, mentiras, brigas, egoísmo, ofensas, preguiça, desrespeito aos pais, aos avós...
- Vamos agradecer a Deus pelo amor que Jesus tem por cada um de nós e por ser nosso Salvador, vamos nos esforçar para que o nosso coração não seja duro, não seja invejoso, não seja brigão... O pecado é uma falta para com Deus e ao próximo, o pecado ofende muito a Deus, o pecado é uma desobediência aos mandamentos da lei de Deus.

Oração do Perdão

Senhor, Deus de amor e misericórdia, nós queremos te pedir forças para não mais pecarmos e permanecermos firmes em teu amor. Nós sabemos que nossa vida é boa quando permanecemos unidos com Cristo e servindo aos irmãos. Perdoai-nos Senhor, pelos nossos pecados, e dai-nos força para sermos verdadeiros cristãos em nossa família, em nossa escola e em nossa comunidade. Ensina-nos a cultivar a paciência, a força de vontade, a renúncia a pequenas coisas que nos fazem pensar somente em nós. Ajuda-nos a ver as necessidades de todas as pessoas e fazei de nós instrumentos de teu amor. Nós te prometemos que vamos fazer tudo para amarmos a ti e servirmos a todos que precisam de nossa ajuda.

Amém.

CONHECENDO O QUE DIZ NOSSA IGREJA

(Crescer em Comunhã0 – Volume III, página 53-54).

Fazer uma distinção entre o Pecado Mortal e Venial

Pecado Mortal: São os pecados graves que geram muito mal e sofrimento e nos afastam de Deus. Para um pecado ser “Mortal” ele tem três características:

1ª - Matéria Grave: Quando se peca gravemente contra os DEZ MANDAMENTOS da Lei de Deus. Os Dez Mandamentos nos ensinam como podemos amar a Deus, ao próximo e a nós mesmos.
2ª – Plena Liberdade: Quando se peca sabendo claramente que o que se faz é sério e é pecado, mas mesmo assim se decide fazê-lo.
3ª - Consciência Plena: Quando alguém peca sem que ninguém o obrigue a isso. Quando a pessoa quer cometer o pecado e é ela quem decide livremente fazer o mal.

Para ser pecado mortal precisa que as três características: matéria grave, plena liberdade e consciência plena estejam presentes em uma má ação cometida. Para que sejam perdoados, exige-se a confissão com o padre.

Descreva um pecado que possua as três características do pecado MORTAL:
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Pecado Venial: É chamado de pecado venial ou leve aquele que não possui as características do pecado mortal. Ou seja, são aqueles pecados que fazemos sem a intenção de ser contra um dos dez mandamentos, de querer fazer o mal, sem saber que nossa atitude é pecado. Nosso pecado é leve se causamos um sofrimento por acidente ou contra a nossa vontade ou mesmo sem saber que o que fazíamos era de fato pecado.

Os pecados veniais, embora sejam, também, um mal e precisem de conversão, não tem força de romper nossa união com Deus. Por isso são perdoados no Ato Penitencial da missa ou com outras práticas penitenciais, como por exemplo: exame de consciência antes de dormir, penitências que fazemos durante o dia pedindo perdão a Deus e outros modos. Mas se a pessoa quiser, pode também confessá-los ao padre.

Descreva um pecado VENIAL e o modo como a pessoa pode pedir perdão a Deus.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

LEMBRANDO OS DEZ MANDAMENTOS

1º __________________________________________________________________
2º __________________________________________________________________
3º __________________________________________________________________
4º __________________________________________________________________
5º __________________________________________________________________
6º __________________________________________________________________
7º __________________________________________________________________
8º __________________________________________________________________
9º __________________________________________________________________
10º __________________________________________________________________

Pedir aos catequizandos que memorizarem o Ato de Contrição (Providenciar um cartãozinho com a oração para cada um):

ATO DE CONTRIÇÃO

Meu bom Jesus estou muito arrependido por ter errado. Perdoa-me, Senhor, não quero mais pecar. Amém.

OBS. Procure não utilizar o ato de contrição que tem a frase “prometo nunca mais pecar”, o ser humano é falho e fraco e esta promessa (é a Deus!) não poderá ser cumprida, portanto, vamos apenas nos confessar fracos e dispostos a tentar ser melhores.

Encerramento: Cada catequizando deverá escrever num papel os erros que tem cometido e colocar numa caixa ou saco e depois colocar no lixo sem serem lidos. Se houver a possibilidade de se ir as churrasqueiras da paróquia, queimar os papéis.

Sabem que tem um meio de não errar? É preciso conhecer a Palavra de Deus, os ensinamentos de Jesus, porque ele nos ensina a “Viver”!

Vamos cantar uma música bem legal? Quem conhece?

Chama-se “É preciso saber viver” (colocar o CD com a música cantada pelo grupo Titãs).

Pedir a todos que cantem juntos o refrão, bem alto.


 ♫ Quem espera que a vida seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver... É preciso saber viver... É preciso saber viver...


Ângela Rocha
Catequista

Encontro com a 3ª Etapa - Eucaristia

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO