segunda-feira, 18 de abril de 2016

ROTEIRO DE ENCONTRO: DONS E TALENTOS


 Objetivos:

- Refletir a respeito dos nossos dons, promovendo uma autoconsciência em relação aos dons de cada um:
- Mobilizar um espírito de cooperação no grupo;
- Criar uma consciência grupal em relação ao papel e à possibilidade de cada um no grupo: o que temos para dar e o que precisamos receber, isto é, compartilhar os dons no grupo;
- Levar, mediante a reflexão do texto bíblico, a descobrir ou reafirmar as possibilidades pessoais.

Material:

- Bíblia: Evangelho (Mateus 25,14-30).
- Meia folha de papel sulfite para cada participante, canetas coloridas.  

Para refletir:
Deus, que habita em nós e nos fez criaturas semelhantes a Ele, plantou em nosso coração inúmeras qualidades, talentos e dons que nos permitem reconhecê-lo como o melhor Pai do mundo. Se nós recebemos de graça tais qualidades, isso significa que podemos contribuir com algo de nós a fim de fazer nosso semelhante feliz. Para isso, é preciso que cada um reconheça em si tais qualidades, pois quem não as recebe não pode doar-se.

ü Reunir o grupo em círculo, colocar o material sobre uma mesa central. Comunicar o tema do encontro estimulando-os a participar.
ü Iniciar com uma oração, invocando o Espírito Santo para conduzir o encontro.

1 - Solicitar que um voluntário leia o texto bíblico e que os participantes ouçam a mensagem com atenção.
2 – O catequista inicia uma reflexão sobre o tema, motivando a manifestação de todos sobre o entendimento do texto e sua relação com a vida de cada um.
3 – Pedir que cada participante pense em um dom/talento que Deus lhe concedeu e que reconhece que o possui. Solicitar então, que cada participante escreva na folha disponível, o dom que reconhece possuir e que deseja colocar a serviço do grupo;
4 - Orientá-los a colocar numa mesa central ou no chão, formando um círculo, as folhas contendo os dons que colocam à disposição do grupo;
5 – Convidá-los a, em silêncio, ler cada um dos dons disponíveis e, sem precipitar-se ou comentar, escolher um deles, aquele talento de que estão precisando hoje: “Com sinceridade, aproveitem essa oportunidade... reflitam, escolham”. Se mais de uma pessoa escolher o mesmo talento, elas sentam juntas depois. Orientar que retornem ao círculo levando a folha com eles;
6 – Agora, sem dizer o talento/o dom que colocamos à disposição do grupo, vamos contar ao grupo aquele que escolhemos e porque precisamos dele nesse momento da nossa vida. Motivar para que todos se manifestem, mesmo que os depoimentos se repitam. Controlar os que se estendem muito, para dar oportunidade a todos.
7 – Finalizar conforme escolha do grupo: oração de mãos dadas; troca de mensagens relativas ao tema entre os participantes. Deixar que escolham e decidam, é um exercício da própria dinâmica: utilizar os dons e criar.

FONTE: “Caminhos de Encontro e Descobertas: Dinâmicas e Vivências”. Sonia Biffi e Rosabel De Chiaro. 6ª ed. Paulus, 1998.


SUGESTÃO DE DINÂMICA PARA CATEQUIZANDOS:

DINÂMICA DO “JÁ ACHEI!”:

ü  Fazer um tabuleiro numa cartolina grossa ou papel cartão (48 x 48 cm mais ou menos), cheio de virtudes, assim:


  •  Como o desenho é sextavado, cada uma das seis partes tem 10 virtudes. Cada virtude do tabuleiro tem uma fichinha correspondente:

ü  Cada catequizando escolhe uma das partes do tabuleiro pelo número ou cor (depende da identificação que se faça) e ganha DEZ fichinhas viradas de cabeça para baixo (misturadas como se fossem um baralho).

ü  Quando se fala JÁ, eles procuram as virtudes/dons correspondentes no tabuleiro.

ü  Se encontram, vão colocando as fichas no tabuleiro. Quem termina de colocar todas as fichas, grita “JÁ ACHEI!” Depois todos contam quantas virtudes ou talentos conseguiram em seus "espaços" e falam sobre os "dons" que lhes foi dado.

ü  Pode acontecer do jogador ganhar (termine de colocar todas as 10 fichas no tabuleiro) sem completar a sua parte, pois as fichas ficam distribuídas entre os 6 jogadores e não se repetem.

ü  Como prêmio para quem conseguiu colocar antes as suas fichas, dar uma barrinha de chocolate “Talento”. (No final deve haver barras de chocolate para todos). Pde-se também distribuir balas entre uma rodada e outra.



ü Dá para brincar com 6 participantes ao mesmo tempo no tabuleiro. Aí, elas vão se revezando.

Partilhando o encontro: no final do jogo, deixei as fichinhas todas em cima da mesa e pedi que cada um escolhesse em meio àquelas 60 "qualidades", três que eles achassem que ainda não tinham ou que precisavam melhorar. Depois de escolher, que cada um partilhasse o porque da escolha.
Da mesma forma, pedi depois que escolhessem , um das qualidades, que achavam que tinham bastante, a ponto até de "repartir" com os outros.
O interessante desta partilha é que, além de entenderem a importância de colocar seus dons e talentos a serviço, o grupo passa a se conhecer melhor também.


LISTA DOS DONS E TALENTOS E QUALIDADES:

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
ALEGRIA
ALTERIDADE
AMIZADE
AMOR
ATENÇÃO
ATITUDE
BONDADE
CARIDADE
COMPAIXÃO
COMPROMETIMENTO
COMPREENSÃO
COMUNICAÇÃO
CONHECIMENTO
COOPERAÇÃO CORAGEM
CORTESIA
CRIATIVIDADE
CUIDADO
DEDICAÇÃO
DISCERNIMENTO
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
DOAÇÃO
EDUCAÇÃO
ENTENDIMENTO
ESPIRITUALIDADE
ESPERANÇA
FIDELIDADE
FORTALEZA
FRATERNIDADE
GENEROSIDADE GENTILEZA
GRATIDÃO
HUMILDADE
INTELIGÊNCIA
LEALDADE
MANSIDÃO
MOTIVAÇÃO
ORGANIZAÇÃO
OTIMISMO
PACIÊNCIA
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
PARTILHA
PERDÃO
PERSEVERANÇA
PONTUALIDADE
PRESTEZA
PRUDENCIA
RENÚNCIA
RESIGNAÇÃO
RESILIÊNCIA
RESPEITO
RESPONSABILIDADE
SABEDORIA
SERIEDADE
SINCERIDADE
SOLIDARIEDADE
TOLERÂNCIA
TRABALHO
UNIDADE
VERDADE
VOCAÇÃO

MOLDE DA FICHINHA:

MEDIDAS DO HEXAGONO DO TABULEIRO:


*Adaptação: Ângela Rocha




SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO