segunda-feira, 2 de outubro de 2017

APONTAMENTOS BÍBLICOS Nº 7

                                    O MEU SENHOR É FORTE!

O meu Senhor é Forte e faz acontecer o Evangelho todo dentro de mim de cada vez que fujo com ele para o cimo de uma colina qualquer ou caminho entre a multidão com a mão sempre agarrada à sua túnica para não me deixar engolir.

O meu Senhor é Forte e mostra-me cada vez que me manda preparar o barquinho e segreda que quer fazer-me passar para “o outro lado do lago”. Mal começo com os meus “mas”, garante-me que vai comigo e diz que isso tem que começar a bastar-me... E o Evangelho acontece de novo...

Jesus continua a erguer-se, agora dentro de mim, para dizer imponente ao vento: “Xiu, está calado!” e ao mar: “Para quieto!”. E tudo lhe obedece…

Imagina-o dentro de ti. Vá, imagina… Imagina-o agora, como quem vai na deitado sereno na popa do teu barquinho enquanto atravessas o lago que ele quis conduzir para o outro lado contigo… Dá-te conta dos ventos que te percorrem por dentro e dos mares revoltos que por aí andam ainda…

E agora vê-o levantar-se… vês? Diz-lhe que tens medo. Podes dizer! Diz-lhe que precisas dele. E vê-o agora erguer a voz… Cara-a-cara com os ventos e sem temer o mar: “Xiu, cala-te!!! Fica quieto!

E vê-o olhar-te agora, e sentar-se de novo contigo. Sente o vento a transformar-se em brisa… Podes dar-te conta nele, no seu rosto sereno, nos seus cabelos… Deixa-te olhar. Não desvies os olhos nem tenhas pressa em dizer-lhe nada. Deixa-te olhar assim por ele, que ele está a dizer-te com esse olhar tão íntimo o mesmo que disse ao vento e ao mar: “Serena… Sossega… Está quieto...”

E agora deixa-o fazer-te uma pergunta importante: “Porque é que ainda tens medo? Ainda não confias em mim?

Não lhe respondas! Não caias na tentação de responder apressadamente. Cala-te! Ele não pergunto para que lhe respondesses, mas para perceberes quem é que manda, quem é que é mesmo forte nesta travessia em que nós pensamos que temos sempre o controlo do barco sozinhos. Deixa-te só ficar assim um bocadinho...

E, se quiseres, podes repetir comigo tudo isto que não paro de repetir dentro de mim desde ontem: O SENHOR É FORTE!
O MEU SENHOR É FORTE! Faz acontecer em mim, dentro de mim, a Força e o Poder do Evangelho.

Faz acontecer dentro de mim as mesmas perguntas que faziam os primeiros discípulos dele: “Mas quem é ele, afinal, que até o vento e o mar lhe obedecem?!”

E, como eles, também não corro para arranjar respostas de cartilha, porque o mais importante nestas coisas não são as respostas mas as experiências que fazem acontecer estas perguntas. Perguntar-se por ele, pelo seu poder e pela sua Força, é já uma exultação pela maneira como a sua presença libertadora irrompeu em nós!
O MEU SENHOR É FORTE!

E o Espírito Santo, sua Força e seu único Poder, é tão fiel e amoroso que não deixa ficar o Evangelho de Jesus enterrado no passado mas permanentemente o atualiza e recria como fonte de sentido e experiência de libertação que nos faz continuar a sonhar, testemunhar e construir o Reino de Deus, os “novos Céus e nova Terra, em que o Mar não existe mais” e todos os ventos se calaram para sempre.
Pe. Rui Santiago


SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO