sexta-feira, 1 de julho de 2016

E VÓS, QUEM DIZEIS QUE EU SOU?

O Evangelho deste domingo é belíssimo e nos faz pensar em várias coisas, desde os questionamentos de Jesus, as respostas dos discípulos até a postura de Pedro que culminou nele como nosso primeiro Papa, tamanha a sua fidelidade para com Deus.

No entanto, o que queremos é te convidar a refletir nesta semana que se inicia é o trecho dos versículos 15 e 16: “Então Jesus lhes perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’

Simão Pedro respondeu: ‘Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo’”.

Deus se vira para cada um de nós e nos pergunta: E você? Quem diz que eu sou na sua vida? Nas suas dificuldades e nas suas alegrias. Como você tem me reconhecido para si mesmo e para os demais? Que papel tenho desempenhado em sua vida? Tenho sido seu Salvador? Seu Messias?

Acredito que estes trechos do evangelho nos oferecem um momento propício para realizar um deserto interior e deixar emanar de nossa alma a resposta, tal qual aconteceu com Simão Pedro. Ele declarou para si mesmo, para os outros e para Jesus naquele momento o que o seu coração já havia entendido, ou seja, estava diante do Messias, o Rei Salvador de sua vida.

Pedro tanto assumiu esta verdade que toda a sua trajetória de vida mudou.

Se reconhecemos Jesus como nosso Messias, nosso Salvador, não podemos nos permitir não mudar nossas atitudes dia após dia. Jesus é aquele que intervém em nossa trajetória e modifica tudo para melhor. Não podemos nos permitir ficar nas situações como meras vítimas e passar pela vida reclamando. 

Precisamos juntamente com Jesus assumir a postura de que tudo pode ser diferente se eu assumir que o primeiro a mudar tem de ser eu em tudo. Independente do que você está vivendo, eu te convido a fazer esta experiência: olhe para Jesus como teu Salvador, assuma isto para si e para os outros e não deixe que as situações do dia a dia te acorrentem. Jesus já te salvou. Assuma isto!

Boa semana para nós…e que venham as mudanças!

Paz de Cristo!

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO