terça-feira, 17 de julho de 2018

ROTEIRO DE ENCONTRO COM CRISMANDOS: ABRAÇO



Mesmo tema, uma versão diferente de encontro!

Tema: ABRAÇO (Por favor, me toque!)

Interlocutores (Catequizandos): Crismandos.

Duração: 90 minutos.

Local/ambientação: Sala de catequese, flores, bíblia, crucifixo, velas.

Objetivos: Explorar o poder do toque, o respeito, amor ao próximo e diferenças de idade, raça, gostos, etc.

Recursos/material: Texto, letra da música, Bíblia, velas, flores, cartaz, poema, etc... Musica “Dentro de um abraço” - Jota Quest.

Motivação:
DINÂMICA - JOGO DO TOQUE
Objetivo: Permitir maior interação e contato entre os adolescentes para descontração.
Duração: 15 minutos
Material: Sala ampla, aparelho de som.
Desenvolvimento:
1. O facilitador solicitará que o grupo fique no centro da sala, à vontade.
2. Os participantes circularão, dançarão, respondendo ao código do facilitador, como: pé com pé, braço com braço, etc.

Palavra: Mateus 8,1-3.

Refletir sobre o “toque de Jesus”... O poder amoroso, inclusivo e “curador” do toque de Jesus. De quantas pessoas ele mudou e continua mudando a vida? Não seremos nós as “mãos” Dele? Não cabe a nós darmos estes abraços “curativos” às pessoas que nos cercam?

Oração: Orações espontâneas, tocando os amigos (abraços, beijos, apertos de mão carinhosos). Valorizar o outro, tocar o outro com abraços, aperto de mão, usando muito o toque. (Vale lembrar do respeito que está faltando para com o corpo do outro).

Compromisso:
Esta semana abraçar 5 pessoas por dia. Lembrar do valor do abraço (Texto em anexo).
Que os crismandos levem para sua vida o que viram e sentiram no encontro. Para que despertem a consciência de que algo precisa ser feito sobre o bom relacionamento e que gere mudanças na vida de cada um. É um convite para amar e tocar mais e ir em busca do outro e de Deus.
Despedir-se com um caloroso abraço!
Avaliação: No próximo encontro veremos quem deu os abraços, quem aproximou do outro, quem ligou, mandou mensagens carinhosas, quem sentiu a presença do outro dentro de um abraço.

ANEXOS:
1. POEMA:
POR FAVOR, ME TOQUE!

Se sou seu bebê,
Por favor, me toque.
Preciso de seu afago de uma maneira que talvez nunca saiba.
Não se limite a me banhar, trocar minha fralda e me alimentar, mas me embale estreitado, beije meu rosto e acaricie meu corpo.
Seu carinho gentil, confortador, transmite segurança e amor.
Se sou sua criança,
Por favor, me toque.
Ainda que eu resista e até o rejeite, insista, descubra um jeito de atender minha necessidade.
Seu abraço de boa noite ajuda a adoçar meus sonhos.
Seu carinho de dia me diz o que você sente de verdade.
Se sou seu adolescente,
Por favor, me toque.
Não pense que eu, por estar quase crescido, já não precise saber que você ainda se importa.
Necessito de seus braços carinhosos, preciso de uma voz terna.
Quando a vida fica difícil, a criança em mim volta a precisar.
Se sou seu amigo,
Por favor, me toque.
Nada como um abraço afetuoso para eu saber que você se importa.
Um gesto de carinho quando estou deprimido me garante que sou amado, e me reafirma que não estou só. Seu gesto de conforto talvez seja o único que eu consiga.
Se sou seu parceiro,
Por favor, me toque.
Talvez você pense que sua paixão basta, mas só seus braços detêm meus temores.
Preciso de seu toque terno e confortador, para me lembrar de que sou amado apenas porque eu sou eu.
Se sou seu filho adulto,
Por favor, me toque.
Embora eu possa até ter minha própria família para abraçar,
Ainda preciso dos braços do pai ou da mãe quando me machuco.
Se sou seu pai idoso,
Por favor, me toque.
Do jeito que me tocaram quando eu era bem pequeno.
Segure minha mão, sente-se perto de mim, dê-me força e aqueça meu corpo com sua proximidade.
Minha pele, ainda que muito enrugada, adora ser afagada.
Não tenha medo, apenas me toque...

(Phyllis K. Davis).

2. MÚSICA: Dentro de Um Abraço - Jota Quest
O melhor lugar do mundo
É dentro de um abraço
Pro mais velho ou pro mais novo
Pra alguém apaixonado, alguém medroso

O melhor lugar do mundo
É dentro de um abraço
Pro solitário ou pro carente
Dentro de um abraço é sempre quente

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra

No silêncio que se faz
O amor diz compromisso
Oh baby, baby
Dentro de um abraço tudo mais já está dito

O melhor lugar do mundo
É aqui, é dentro de um abraço
E por aqui não mais se ouve o tique-taque dos relógios
Se faltar a luz fica tudo ainda melhor
O rosto contra o peito, dois corpos num amasso
Os corações batendo juntos em descompasso

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço se encontra

Na chegada ou na partida
Raio de sol ou noite fria
Na tristeza ou na alegria
(Na tristeza ou na alegria)

Tudo que a gente sofre
(Na chegada ou na partida)
Num abraço se dissolve
(Raio de sol ou noite fria)
Tudo que se espera ou sonha
(Na tristeza ou na alegria)
Num abraço a gente encontra

Tudo que a gente sofre
(Na chegada ou na partida)
Num abraço se dissolve
(Raio de sol ou noite fria)
Tudo que se espera ou sonha
(Na tristeza ou na alegria)
Num abraço a gente encontra.

3. Para o Catequista:

TEXTO: A importância e o valor de um abraço para o ser humano

Muito se fala sobre o abraço, sobre a importância desse gesto para o ser humano. Um abraço de 20 segundos por exemplo: para se ter uma ideia do seu valor, é o suficiente para liberar o hormônio oxitocina, também conhecido pelo “hormônio do amor”.  Esse hormônio é liberado na hora do parto pela mãe, como forma de estreitar mais o seu vínculo entre ela e o bebê. Vínculo esse importantíssimo para a formação psíquica do bebê.

Mas para nós seres humanos o abraço e o contato com o outro é tão importante, sendo ele assunto de estudos de muitos pesquisadores. De acordo com o médico vienense Paul Shilder (1981), influenciados pelos conceitos da psicanálise e filosofia, “já considerava a pele humana como uma roupagem contínua e flexível que nos envolve por completo (…) como o corpo é todo recoberto pela pele, entramos em contato com o meio externo através dela, a pele é assim o maior mediador entre o ser e o mundo”. Além dessa parte fisiológica do abraço, que envolve as percepções do contato da pele, o abraço nos remete psiquicamente a proteção e ao aconchego lá do início de nossas vidas, quando o abraço, o colo o contato físico da mãe com o bebê foi fundamental para a sua constituição como pessoa.

Há alguns momentos e encontros que um simples abraço consegue responder por um longo tempo de ausência, por recuperar um tempo perdido, por pedir um perdão e por perdoar, por celebrar uma festividade, bem como dar um conforto para uma determinada pessoa em um momento mais difícil de suas vidas.

Abraço de amigo, de pai, de mãe, de irmão, de namorado, de marido, de mulher, de filho, de criança, enfim abraços de pessoas.  Clarice Lispector já dizia que “a gente descobre a importância de um abraço, quando precisa de um”.

A grande vantagem de um abraço é que ele só precisa da disposição de quem o oferece e da humildade de quem o recebe. Aqui não existe custo x benefício, aqui podemos mudar as regras e ser benefício x benefício. A gratificação e os ganhos em todos os sentidos são para os dois, tanto para aquele que oferece como para aquele que o recebe.  Quando estiver naquela situação em que você pensa: Não sei nem o que dizer e nem o que falar. Se realmente não sabe, não diga e nem fale. Simplesmente, ofereça o seu abraço, que certamente ele dirá tudo e mais um pouco por você.

Com um abraço especial.
(Autor Desconhecido)

Sugestões para reflexão:
1. Sensação captada pelo contato com o outro.
2. Pessoas que sentem dificuldade de proximidade com os outros.
3. Houve sentimentos agradáveis durante o contato com diversos participantes?

Resultado esperado: Proporcionar o contato entre os adolescentes, de forma agradável e sem preconceitos.




Colaboração: Elano Luís – Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Luz – MG.


SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO