sexta-feira, 14 de março de 2014

PROJETO CARTINHAS MISSIONÁRIAS


Em 2008, o pároco da Catedral de Guarapuava -Pr, ao receber o material do Mês Missionário, me pediu para trabalhar o tema daquele ano e usar o material com as crianças da catequese. E lá fui eu pesquisar o que era essa coisa de "ser missionário" na nossa Igreja.

Entrei no site da POM - PontifíciasObras Missionárias - que vocês todos devem buscar conhecer - e fiquei maravilhada com a dimensão missionária da nossa Igreja. E por meio do site da POM, também conheci o trabalho da infância e adolescência missionária - IAM.
Só que fazer só um encontro não parecia o suficiente...

E fiquei pensando no quanto seria enriquecedor e construtivo para as minhas crianças conhecerem, por exemplo, a realidade em que viviam outras crianças do mundo. Da Amazônia, do nordeste... por exemplo.

E tive a ideia das Cartinhas Missionárias!

Incentivei minhas crianças as escreverem para uma criança que elas imaginassem lá, do outro lado do Brasil. Pedi a elas que contassem da catequese, das suas famílias, da sua escola, dos seus brinquedos preferidos, da sua vida, enfim...

E saíram cartas maravilhosas! Coisinhas tão simples e ao mesmo tempo tão especiais. Uma verdadeira partilha de vida mesmo.

Infelizmente naquela época não havia ainda um grupo de pessoas que eu conhecesse fora da minha realidade e nem consegui um endereço de outra paróquia para enviar as cartas. E “aquilo” ficou comigo. Como algo que eu "não acabei". Claro que avisei as crianças que podia ser que as cartas ficassem na "posta restante!" do correio e que não receberíamos resposta. Mas, Deus sabia das intenções do nosso coração... E que isso ficaria pra sempre conosco: que um dia alguém teria a alegria de receber uma carta nossa.
A partir daquele ano, dedico sempre um encontro com as minhas crianças da catequese, a falar das "missões" e do papel tão importante que elas têm na disseminação do projeto de Jesus. E peço às crianças que escrevam uma carta e façam uma oração por quem vá recebê-la. E venho incentivando a todos que conheço, por onde passo, a procurar as "paróquias irmãs" e levar adiante este projeto.

E vocês não imaginam o tamanho da minha felicidade, com cada depoimento que leio de quem aceitou o desafio e se pôs em "movimento"...

Porque é isso. Ser catequista é se por "a caminho", é "missionariar"... Trazer pra perto, quem está longe. Só assim seremos verdadeiramente "irmãos" em Cristo.

Ângela Rocha – Londrina PR.

* * * * * *
DEPOIMENTOS

“Ano passado por sugestão de Ângela Rocha, fiz o projeto das cartinhas com a Paróquia de São Judas Tadeu, paróquia irmã, de Goiânia. Foi até difícil arrumar uma paróquia que aceitasse. A Sandra, coordenadora da paróquia de Goiás, adorou a ideia e aceitou de imediato! Gente vocês não tem ideia da satisfação das crianças ao ler sobre outras crianças de um lugar distante. Se divertiram demais com as respostas. Acho que uma carta física é muito inusitado para elas! Maravilhoso!!! Parabéns a vcs da CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO! Foi realmente maravilhoso. Mas só de ver a carinha de felicidade das que leram as respostas... Não tem preço!”

Jin Hee Kim – São Paulo –SP.

* * * * * *
“Adorei o projeto cartinhas missionárias, e se Deus quiser, e Ele quer, este ano vou dar continuidade. Adorei conhecer e me tornar amiga da Mabel Katsumata e da Amabile Oliveira. Os catequizandos da minha paróquia adoraram a experiência e outras catequistas querem se corresponder também. Parabéns aos idealizadores. Um abraço já com saudades da minha agora amiga Ângela Rocha.”

Anette Alberti – Bocaiúva do Sul – PR

* * * * * *



“O projeto das cartinhas realmente agitou bastante nossos encontros, eles gostaram, e muitos se tornaram amigos além das referidas cartinhas, se comunicam via face. Senti o quanto minha correspondente e amiga, Anette Alberti é carinhosa e dedicada. Valeu mesmo, e quero continuar na caminhada!!! bjus!”

Mabel Katsumata – Sorocaba SP

* * * * * *
“A experiência que eu tive como catequista no primeiro ano foi maravilhosa, pois logo encontrei esse grupo, onde me ajudou bastante os arquivos d a Ângela, e depois veio a iniciativa do projeto das cartinhas logo fiquei muito ansiosa. Quando aconteceu o sorteio peguei a Anette Alberti, não conhecia, logo aceitei no face e começamos uma linda amizade. Quando recebi as cartas em minhas mãos, eu mesma não acreditava, pulei, chorei, foi muita emoção juntas. Quando comecei a ler a carta logo percebi a grande mulher que é você Anette, uma pessoa muito responsável com aquilo que Deus te deu como um dom... Sem falar dos meus catequizandos que não acreditavam que era verdades as cartinhas! Eu agradeço a Deus, por essa oportunidade de fazer grandes amizades...”

Amabile Oliveira – Catarina CE



OBS. Mensagem deixada no facebook pela Amabile Oliveira: Eu estou muito feliz que chegou as cartinhas missionárias da minha amiga Anette... Acabei de pegar o envelope, eu não acreditava que já tinha chegado, obrigado minha amiga Anette, que Deus te abençoe sempre... amanha mesmo vou entregar para eles.. FELIZ DEMAIS!

* * * * * *
“Chegaram as cartas, estamos muito felizes. Obrigada pelo presente, amei! Não conhecia a história do Nelsinho. Vamos marcar com as crianças um encontro em janeiro para responder, quando estiver pronta enviamos. Abraços.... Quem nos enviou foi Renata de Freitas de Ibitinga- SP.”

Márcia Denize Ferrari – Joinville SC


* * * * * *
“Programei a novena de Natal nas residências dos meus catequizandos, eles são em número de nove, um dia em cada casa. Infelizmente minha mãe veio a falecer e não consegui me juntar aos demais no primeiro dia da novena. Hoje me falaram que todos rezaram por mim e pela minha mamãe que foi morar com Deus. Hoje me "recobrei" e fui continuar a novena. Ao final, pedi pra esperarem e entreguei as cartinhas. Entreguei uma de cada vez e pedi que lessem em voz alta para todos ouvirem... foi emocionante... alguns ficavam até brancos, trêmulos, daí a mãe começava a ler por eles... enfim, as mães gostaram, chegaram até a perguntar se agora vai ter sempre essa troca de correspondência. Agradeço a  Mary Martins Silva, amei a cartinha que ela me escreveu. Parabenizo-a pelo trabalho que vem realizando. Confesso que fiquei surpresa com a quantidade de comunidades: 10 urbanas e 25 rurais.

Abigail Martins Oliveira – Ribeirão Preto SP

OBS. Os catequizandos da Abigail, de Ribeirão Preto – SP se corresponderam com os catequizandos da Mary, de Muzambinho MG.

* * * * * *
“Em outubro, falando das missões eu perguntei ás minhas crianças se gostariam de escrever e responder cartinhas de outras crianças da catequese em diferentes lugares... Eles ficaram animados. Então coloquei aqui no nosso grupo do facebook o projeto CARTINHAS MISSIONÁRIAS e perguntei quem tinha interesse em participar. Ao todo, 28 catequistas se interessaram pelo projeto. Peguei seus endereços e as características de suas turmas e fiz um "sorteio".
A catequista que foi sorteada para se corresponder comigo foi a Sueli Prates, que tem uma turminha de 3º ano na Comunidade São Francisco de Assis, no interior da cidade de São José do Rio Preto... no meio "do mato", como diz ela.

E nesta semana recebemos as 09 cartinhas das crianças de lá, contando da sua vida, dos seus interesses... No sábado minha turma se dedicou a responder pra eles. E nosso pároco ao passar pelo Centro Catequético viu minhas crianças lendo as cartinhas e pediu para que elas lessem pra ele... Ele adorou Sueli! E mandou bênçãos a todos vocês daí e agradeceu o pelo carinho. Coloco as cartas no correio amanhã. Gente, vocês não imaginam a alegria das crianças quando receberam as cartinhas e o capricho com que responderam.  Penso que isso faz valer o conceito de "Igreja" que tanto queremos passar a eles. Fica a proposta para o ano que vem, depois das férias para continuarmos o projeto!”

Ângela Rocha – Londrina PR

 

* * * * * *
DIÁLOGO DAS MENINAS NO FACEBOOK:

Rosangela: Olá querida Filó, as cartinhas já estão no correio...Tomara que cheguem logo. Bjus
Filó: Oiiiii, que legal!!!!! Aqui, infelizmente, só consegui a metade... faltaram muito... mas estou vendo se eles faze na casa e trazem para mim.... Bjsss
Filó: Uhuuuuuuu.... ainda não abri, mas acabou de chegar!!!!! (19 de novembro).
Filó: Que legal.. muito feliz!!! Parei tudo... só para abrir o envelope e dar uma olhadinha rápida nas cartinhas.. . que belezinhas! Achei que só na minha turma tinha alguns tímidos que não gostam de escrever, mas vejo que é normal desta idade, e na maioria os meninos, né?! Agora, ansiosa que chegue sábado logo!!! E obrigada, Rosangela, pela lembrancinha, amei! Bjsss

Rosangela Tamaoki de Londrina –PR e Filó Sampaio de Sorocaba – SP.


 * * * * *
Anette Alberti  atualizou seu Status.
“Olhem a alegria e o capricho. Bocaiúva do Sul Paraná via Catarina no Ceara. Obrigada a todos por esta partilha.”

Amabile Oliveira atualizou seu status
“Anette, já coloquei as cartinhas nos correios, espero que chegue logo.... e que vocês gostem das cartinhas missionárias dos meus catequizando... como te falei que ia enviar as fotos, eu enviei três fotos, uma do padre João que foi um pastor muito importante da nossa paróquia, ele ama crianças, ele é idoso e entregou a paróquia para Dom João Costa que bispo da diocese de Iguatu, onde são 26 cidades e Catarina entre ela. Agora é padre Geraldo, um pastor abençoado por Deus. a outra foto é minha, da outra catequista e do padre e a outra de todas as crianças... E as cartinhas foram também... Receba com todo carinho das crianças da catequese de Catarina - Ceara... a minha cartinha também foi para vc Anette.”

* * * * * *
“Ângela Rocha, é muito bom ter amigos que são amigos de Jesus, por que nos ajudam a caminhar juntos e não deixar desanimar dos planos de Deus para cada um de nos. Eu comecei a participar desse grupo porque eu vi que podia fazer amigos e com certeza estou fazendo amigos maravilhosos. Só espero que um dia possa conhecê-los. Que Deus te abençoe.”


Amabile Rocha – Catarina CE.




 Quem quiser participar do projeto inscreva-se no grupo:



SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO