sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O QUE É A EVANGELIZAÇÃO, AFINAL?

Essa é, com certeza, uma discussão muito séria.
"Nova" ou "velha", é preciso entender que a evangelização é um processo de inserção na vida de fé.
Como está sendo tratado e organizado este processo nas paróquias? Porque eu, sinceramente, estou preocupada com muitos "projetos" de "nova evangelização" que estão sendo feitos por aí...
Temos discutido bastante nestes últimos dias sobre a evangelização na era digital... Mas, acho que falhamos. Porque tenho sentido que o entendimento da própria "evangelização" tem sido muito falho de nossa parte.
Então, vamos lá! Você se considera um evangelizador ou um catequista? Estamos evangelizando ou catequizando? O que é catequese? O que é evangelização? É a mesma coisa?

DISCUSSÕES DO GRUPO
Parte superior do formulário
Zenaide Pereira É preciso haver a união das duas. Catequizar com empenho evangelizador.

Iris Cristina Soares Partilho da mesma preocupação Ângela,quando vi uma postagem de um catequista sobre os quatro eixos da nova evangelização, vejo e sinto que ainda não entendemos a evangelização. Se não houver partilha e colaboração entre os coordenadores de pastorais, movimentos, etc.; mais a participação acentuada do Pároco, vamos continuar falhando na transmissão da fé em alguns lugares. Confira o DA 226.

Ângela Rocha Sim Iris Cristina Soares, estes quatro eixos, descritos no Documento de Aparecida na verdade formam o "processo" de evangelização: anúncio, catequese e seguimento.

Andreia Duarte Imagino que todos somos evangelizadores, independentemente de ser ou não catequista. Pensando assim, todo o catequista é um evangelizador. O Cristão deve evangelizar pela vida que leva, pela fé que transmite ao outro, pela postura que toma diante da nossa sociedade vaidosa, consumista e individualista, enfim, ser Cristão é ser um evangelizador.

Mah Figa Perfeito Andreia Duarte, penso o mesmo.

Madalena Scottá Não é catequista, se não for evangelizador!! Podemos ser evangelizadores de ambientes, como nossa casa ou na vizinhança, sem ser catequista necessariamente!!

Jin Hee Kim Acho que todo EVANGELIZADOR é um CATEQUISTA, mas nem todo catequista é evangelizador... Eu como catequista da 1ª eucaristia nem sempre sou eu quem dou o anúncio, e mesmo que desse às vezes não consigo dar o segmento que a criança necessita!

Ângela Rocha BINGO! Jin Hee Kim agora você disse o que eu queria "ouvir", sem ter falado... rsrsrs... Um dos motivos que a nossa Igreja tem falado tanto em uma "Nova Evangelização" é, justamente, porque temos uma multidão de pessoas "catequizadas", batizadas, crismadas... sem terem sido devidamente EVANGELIZADAS! O que significa isso? Que posso ser catequista, mas, infelizmente, nem sempre evangelizadora. Vale uma leitura do DNC a partir do item 29...

Ângela Rocha Paula Arcie... procure lá pra mim o que é Evangelização e transcreva aqui pra nós...

Paula Arcie Consiste na ação apostólica da Igreja de levar e comunicar a mensagem de salvífica de Cristo.

Ângela Rocha Agora veja no item 33 do DNC quais são as "peças" que compõem a Evangelização... quais sãos os "três momentos essenciais" dela...

Fátima Tostes pois é Ângela Rocha .... tem catequista que não quer evangelizar e nem catequizar, quer dar “aula”. Lembrando, por exemplo, “hoje é dia de.... pais, mães, padre, etc.”, e vamos fazer lembrancinha na catequeses como se fosse uma escola, ou seja, “sala de aula”, pois assim todos ficam quietos e dou minha "catequese".
Helena Feliciano Cavalheiro Mesmo tendo muitas formações às vezes me sinto incapaz de evangelizar,pois nem sempre conseguimos o primeiro ato da evangelização que é o anuncio ...

Jaqueline Metzker Souza Deboni Sabe, que vou precisar de pensar um pouco mais...rsrsrs tá difícil! Vou continuar pensando...por enquanto.

Ana Cristina Souza Reis "Ide ao mundo todo e levai o meu evangelho a todo criatura". Quando Jesus disse essas palavras não havia os evangelhos bíblicos, mas havia a essência a mensagem positiva que Deus nos ama e nos quer felizes, evangelizar é levar a boa notícia do Reino e catequizar é fazer ecoar a boa notícia, são próximos os sentidos, um completa o outro, um perpassa o outro, porém o grande problema que vivemos é o distanciamento da proposta cristã, concordo com a Ângela Rocha algumas propostas de evangelização que estão sendo aplicadas são preocupantes e os nossos catequistas estão se deixando levar.

Laura Cruz Evangelizar é levar a Palavra de Deus a todas as pessoas, a catequese é um caminho que usamos para evangelizar mas a evangelização vai alem da catequese, é o dia a dia.

Paula Chrestan Acho que evangelizar é ser exemplo. Ter atitudes baseadas nas de Jesus. Na catequese você ensina o caminho que vai a Jesus. Fico preocupada porque sempre pergunto as crianças, e elas só ficam nos verbos... Quando pergunto, por exemplo, como honramos pai e mãe? Aí elas falam: tem que ajudar, respeitar.... Só os verbos. Elas não conseguem dar um exemplo concreto. O catequista precisa ser exemplo para os seus catequizando. O exemplo fala mais do que mil palavras. Não adianta nada você ler a Bíblia com elas e na hora que precisa agir, simplesmente fica sentado de braços cruzados.


Ângela Rocha "Evangelizar é preciso..."

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO