terça-feira, 18 de abril de 2017

ROTEIRO DE ENCONTRO CELEBRATIVO: JESUS RESSUSCITOU!

Agora que já entendemos o que é a Oitava da Páscoa, vamos fazer um encontro celebrativo!

OITAVA DA PÁSCOA/TEMPO PASCAL

"Eis o dia que fez o Senhor, nele exultemos e nos alegremos..."
  
AMBIENTE: A alegria deve ser a chave desse encontro. Preparar a mesa com toalha branca, bíblia. Círio Pascal ou vela grande acessa. Ao lado da mesa uma vasilha para colocar as velas (Um vaso com areia ou terra). Uma vela para cada um do grupo*. 

(pode adaptar o ambiente sem a mesa).

TEXTO DE MOTIVAÇÃO:

Passados os exercícios da Quaresma, pelos quais nos preparamos para a celebração da Ressurreição do Senhor, entramos no Tempo Pascal, tempo de alegria e exultação pela nova vida que o Senhor nos conquistou pagando, com sua entrega na cruz, o alto preço de nosso resgate. A cor litúrgica é branca, símbolo da pureza e da alegria (afinal, estamos limpos do pecado) e a presença do Círio Pascal é marcante como símbolo do Cristo Ressuscitado, coluna de LUZ que vai à frente do seu povo.

Nesta semana, em particular, estamos celebrando A OITAVA DA PÁSCOA. Como o mistério da "passagem" do Senhor pela morte é extremamente profundo, durante 8 dias celebraremos esse grande mistério como se fosse um único dia com o objetivo de viver melhor o ponto central de nossa fé: A RESSURREIÇÃO DE JESUS. No passado, esse era um tempo especial de contato com a fé para os que tinham sido batizados durante a Vigília Pascal, a semana termina com o domingo da oitava, chamado “in albis”, porque nesse dia os recém batizados tiravam as vestes brancas recebidas no dia do Batismo.

Todo o tempo pascal, que se estende por 7 semanas até a Festa de Pentecostes (27 de maio), é marcado, não apenas aos domingos, mas, também durante os outros dias da semana, pelos textos de Atos dos Apóstolos e do Evangelho de João. São trechos que nos mostram a fé das primeiras comunidades cristãs e dos Apóstolos em Cristo Ressuscitado e nos convidam a fazer da nossa vida uma contínua páscoa seguindo fielmente os passos de Jesus, testemunhando-o corajosamente no mundo de hoje.

Deste modo, a Páscoa (16/04), a Ascensão (25/05) e o Pentecostes (04/06) não são acontecimentos distintos, isolados. São três momentos históricos da vida do Ressuscitado, através dos quais se completa e aperfeiçoa o plano divino da Redenção. Que a luz do Cristo Ressuscitado nos ilumine para que possamos ser LUZ para o mundo!


ORAÇÃO INICIAL

Catequista: Jesus ressuscitou. A vida venceu a morte. Renasce a esperança no coração de todos nós. Vamos recordar os acontecimentos de nossa vida e da sociedade que nos fazem ter esperança e alegria de viver.

Vamos rezar:

Catequista: Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia.
Catequizandos: Pois o Senhor que merecestes trazer em vosso seio, aleluia.
Catequista: ressuscitou, aleluia.
Catequizandos: Rogai a Deus por nós, aleluia.
Catequista: Alegra-vos e exultai, ó Virgem Maria, aleluia.
Catequizandos: Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia.

Catequista: Oremos. Ò Deus que, na gloriosa ressurreição do vosso Filho, restituístes a alegria ao mundo inteiro, pela intercessão da Virgem Maria, Concedei-nos gozar a alegria da vida eterna. Por Cristo nosso Senhor. Amém.
Ave maria...
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo...


LEITURA BÍBLICA: Jo 20, 1-18 – O Sepulcro Vazio.

Reflexão: A ressurreição é o centro da nossa fé.

O que é “ressuscitar” para você?
É só “voltar a vida” ou se transformar numa pessoa “nova”?
Como podemos ser esse “novo eu”? Essa “nova eu”?

Cristo ofereceu sua vida a humanidade. Devemos viver o exemplo Dele. Com as mãos e o coração cheios de boas obras e bons sentimentos, fazendo o bem a todos. Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudar o próximo. “Viver” verdadeiramente a páscoa, é mudar de atitude!

Celebrando
Primeiro a catequista acende sua vela no círio, a seguir acende dos catequizandos. Um a um, incentive os catequizandos a colocar a vela acesa na vasilha, dizendo o motivo que o faz ter esperança, alegria e fé no Cristo ressuscitado (Prece pessoal).

Em seguida, proclamam:

Catequista: A luz de cristo Ressuscitado brilhe hoje em nossas vidas acabando com a escuridão.
Todos: Exulte de alegria dos anjos a multidão, exultemos, também nós, por tão grande salvação!
Catequista: A Cristo ressuscitado ressoe a nossa voz!
Todos: Do grande Rei a vitória, cantemos o resplendor: das trevas surgiu a glória, da morte o libertador.
Catequista: A cristo ressuscitado, ressoe a nossa voz!
Todos: Bendito seja o Cristo, Senhor, que é do Pai imortal esplendor! Aleluia! Aleluia! Aleluia!
Catequista: No dia de Páscoa, o senhor Jesus se fez presente no meio dos discípulos. Ele lhes disse: “Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os vossos pecados mas a fé que anima vossa igreja; dai-lhes segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo”. A paz do Senhor esteja sempre convosco!
Todos: O amor de Cristo nos uniu.

O catequista convida todos para um abraço comunicando a paz.

Cantando...

1. Dentro de mim existe uma luz/ que me mostra por onde deverei andar./
Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina a buscar o seu jeito de amar.
Minha luz é Jesus. E Jesus me conduz pelos caminhos da paz. (bis)

2. Dentro de mim existe um farol/ que me mostra por onde deverei remar./
Dentro de mim Jesus Cristo é o sol que me ensina a buscar o seu jeito de sonhar.
Minha luz é Jesus. E Jesus me conduz pelos caminhos da paz. (bis)

3. Dentro de mim existe um amor/ que me faz entender e lutar por meu irmão./
Dentro de mim Jesus Cristo é o calor que acendeu e aqueceu pra valer meu coração.
Minha luz é Jesus. E Jesus me conduz pelos caminhos da paz. (bis)


* Velas Palito - que não pingam

Ângela Rocha

Equipe Catequistas em Formação

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO