sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

DINÂMICA DOS BALÕES

OBJETIVO:
Trabalhar comunidade e responsabilidade como discípulos missionários da Igreja.
Esta dinâmica também serve para as pessoas refletirem sobre como agem quando os outros começam a se desmotivar e largam o que faziam. Você poderá fazer reflexões sobre jovens que vivem largando cursos, propósitos, esportes só porque outros também largaram ou frente às primeiras dificuldades. Com uma boa mediação o líder poderá levar os participantes, ao final da dinâmica a formularem um propósito de vida e persistência.

MATERIAL:  Uma bexiga cheia ou balão de ar para cada participante.

DESENVOLVIMENTO:
1 - Distribua um balão para cada participante e dê a ordem de que deverão rebater as bexigas sem deixá-las cair no chão.
2 - Vá aos poucos cochichando no ouvido de um por um para sair e ficar fora da sala ou a um canto esperando o jogo acabar.
3 - Conforme as pessoas vão saindo os que estão rebatendo deverão ir dobrando seus esforços para rebater mais bexigas de maneira a que nenhuma fique ao chão. Estimule-os dizendo: Vamos! Esforça-te! Não deixe cair! Estão caindo! Cuidado! Atenção!!!!
4 - Chegará um momento em que a maioria estará ou fora da sala ou a um canto apenas observando e uns três ou quatro rebatendo as bexigas enquanto muitas bexigas estarão pelo chão.
5 - Agora, aos poucos vá dando a ordem, ainda cochichando ao ouvido, que entre e recomece a rebater, recolocando uma das bexigas do chão para o ar.
6 - Quando não houver mais bexigas no chão é o momento de PARAR E REFLETIR.
- Todos nós, batizados, somos responsáveis pela nossa Igreja.
- A Missão é um compromisso de todos e de cada um.
- Lembre a citação de “Ide e fazei discípulos em todas as nações.
- Temos que viajar a terras distantes para sermos missionários?
- O que é missão afinal?
- Como podemos exercer a nossa missionaridade em nossa comunidade?
(Outras questões pertinentes ao assunto...)

7 - Faça uma roda e conversem. Deixe todos responderem, um de cada vez. Vá memorizando as respostas, se quiser peça para alguém resumi-las por escrito. Estimule todos a falar seja ele quem saiu ou quem permaneceu até o final.

1º) O que você sentiu quando as pessoas foram saindo?
2º) O que você sentiu quando mandaram você sair?
3º) O que você sentiu quando viu um monte de bexigas no chão?
4º) O que você sentiu quando as pessoas foram entrando novamente?
5º) O que você sentiu quando as bexigas foram todas resgastadas?

Agora imaginem vocês que as bexigas sejam a Missão de Evangelizar, a Igreja, o Evangelho, a Boa Nova. Quem segura as bexigas no ar são os missionários
-  O que acontece quando os missionários deixam de ajudar?
- O que acontece quando os missionários assumem sua função e voltam a “reerguer” a missão? 

Explore bem as respostas das perguntas 1 a 5 e  utilize as respostas para complementar a reflexão.

Agora faça a pergunta final: O QUE VOCÊ FARÁ AGORA? Deixe a pergunta no ar...


(Essa dinâmica pode ser perfeitamente modificada e adaptada ao conteúdo explanado).

SEGUIDORES DO CATEQUISTAS EM FORMAÇÃO