sexta-feira, 30 de novembro de 2018

JÁ DISPONÍVEL! APOSTILA CATEQUESE FAMILIAR


OLÁ PESSOAL!

O material completo sobre a CATEQUESE FAMILIAR, já encontra-se disponível em APOSTILA, pelo valor de R$ 20,00

Além de orientações a respeito do que é e como organizar na paróquia (Itinerário), a apostila conta com roteiros de encontro e temas básicos de Catequese para mais ou menos 5 Etapas de catequese (Eucaristia e Crisma).

A apostila é um arquivo DIGITAL, em PDF, e pode ser reproduzida e multiplicada na paróquia para os demais catequistas (impresso). Só pedimos que não seja divulgada por meios eletrônicos, grupos de whats ou Facebook, e-mail.

Faça seu pedido pelo e-mail:

angprr@gmail.com 

ou

catequistasemformacao@gmail.com



ATENÇÃO: São arquivos DIGITAIS, enviados por e-mail, não são impressos enviados por correio! Você pede, faz o depósito e assim que confirmado, recebe o arquivo!

ABAIXO o 1ª roteiro da apostila para "degustação"... 


ENCONTRO CATEQUESE FAMILIAR:
ENCONTRO COM PAIS E RESPONSÁVEIS DOS CATEQUIZANDOS

1ª ETAPA - ENCONTRO 01

TEMA: Noções básicas da Bíblia

A Bíblia é o livro por excelência da catequese. Ela é a comunicação de Deus, Uno e Trino, para conosco. É a comunicação que só traz felicidade para o ser humano. Vivemos numa época em que os meios de comunicação são muito valorizados. Mas, a comunicação que emerge da Bíblia, ainda, é pouco valorizada em nossas vidas. É comum encontrarmos, nas casas, uma Bíblia aberta em cima da estante, ou fechada e bem protegida.

INTERLOCUTORES: Pais ou responsáveis dos catequizandos - 1ª Etapa Eucaristia.

OBJETIVO DO ENCONTRO: Despertar o interesse pelo uso da Bíblia, apresentando-a como conteúdo de fé, oração, fundamento na vivência comunitária e força nas situações do cotidiano da vida, principalmente, na educação da fé dos filhos e filhas.

AMBIENTAÇÃO: Preparar uma mesa com uma vela e uma Bíblia amarrada cheia de nós.

ACOLHIDA: Formar um círculo com todos os participantes identificados com um crachá.
Colocar uma música instrumental, suave, cujo tema seja sobre a Palavra de Deus.

MOTIVAÇÃO/DINÂMICA:

Estamos aqui hoje, nos reunindo pela primeira vez, buscando ajudar a vocês pais no aprofundamento catequético para transmitir aos seus filhos e filhas (se houver outros responsáveis citá-los).
No centro do nosso encontro, está a Palavra de Deus: a Bíblia. Ela é o centro da catequese. O meio mais eficaz para estabelecermos uma amizade profunda e pessoal com Jesus, é por meio das mensagens contidas na Bíblia.
Mas, antes de a conhecermos melhor, vamos passar a Bíblia “amarrada” assim como está, de mão em mão, de forma suave e carinhosa, e assim que cada um estiver com a Bíblia em mãos, peço que cada um se apresente dizendo o próprio nome e o nome do filho/da filha que frequenta a catequese.

Quando chegar no último do círculo, quem está motivando, pega a Bíblia e a levanta bem alto, comentando:
Por que a nossa Bíblia está amarrada? Por que estes nós? Estes “nós” são os entraves da vida que dificultam o nosso contato com a Palavra de Deus.  Quando vamos conseguir desamarrar a Bíblia?
(Dar um tempo breve para possíveis respostas...)
Convidar os que espontaneamente, querem ajudar a desatar os nós da Bíblia... enquanto isso, entoar um canto.

Canto: A Bíblia é a Palavra de Deus... (Ou outro canto)

Depois de desamarrada a Bíblia, convidar a todos para abrir sua Bíblia no local indicado.

LEITURA DA PALAVRA: 2TM 3,14-17

Abrir a Bíblia e ler o texto, devagar e pausadamente. Fazer uma segunda leitura, dando ênfase aos trechos mais importantes.  Em seguida, partilhar:
- Conforme a leitura deste texto, que poder tem a Sagrada Escritura?
(Aguardar possíveis respostas).

APROFUNDANDO O TEMA:

Vamos lembrar algumas coisas que nos fazem conhecer melhor a Bíblia.

- A palavra BÍBLIA vem do termo grego BIBLOS, que significa LIVRO. O plural de BIBLOS em grego é BÍBLIA. Portanto, Bíblia quer dizer: OS LIVROS.
- A Sagrada Escritura é um livro que chamamos Bíblia por ser na verdade uma biblioteca. Ela é um conjunto de 73 livros e dividida em duas grandes partes. O Primeiro Testamento com 46 livros que narram a experiência de Deus por um Povo - o Povo de Israel. E o Segundo Testamento com 27 livros escritos após a morte de Jesus Cristo por cristãos do primeiro século de nossa Igreja, que narram o início da Igreja e como a mensagem de Jesus se espalhou pelo mundo afora.
- Não se sabe com exatidão, quando foi que se começou a escrever a Bíblia. Mas, antes dela ser escrita, era narrada e contada de pai para filho, nas reuniões e nas celebrações do povo. Antes de ser narrada e contada, ela foi vivida por muitas gerações num esforço fiel de colocar Deus na vida e de organizar a vida de acordo com a justiça.

Ler o texto bíblico: (Salmo 78, 3-4)

Depois de ser contada de geração em geração, a Bíblia começou a ser escrita, mas não de uma só vez. Ela começou a ser escrita em torno do ano 1250 antes de Cristo, e só foi concluída 100 anos depois do nascimento de Jesus. Levou mais de mil anos (1.000) para a Bíblia ser escrita.

Linha do Tempo da história da Bíblia: situar os anos na história da Bíblia.

(A linha do tempo pode ser feita numa faixa longa de papel e pendurada num varal [uma corda ou fio esticado e prendedores]; ou usar o livreto “Panorama da História da Salvação”, de José Mário de Medeiros, editora Paulinas/Paulus).

E a Bíblia como foi escrita?
Não foi uma única pessoa que escreveu a Bíblia. Muita gente deu sua contribuição, cada um do seu jeito: homens e mulheres; jovens e velhos; pais e mães de famílias, agricultores, pescadores e operários de várias profissões; gente instruída e gente simples; sacerdotes e profetas, reis e pastores, apóstolos e evangelistas.

A Bíblia foi escrita em três línguas diferentes: hebraico, aramaico e grego. No tempo de Jesus, o povo da Palestina falava o aramaico em casa, usava o hebraico na leitura da Bíblia, e o grego no comércio e na política.

A Bíblia não foi escrita no mesmo lugar, mas em muitos lugares e países diferentes. A maior parte do primeiro testamento e do segundo testamento foi escrita na Palestina. Algumas partes do primeiro testamento foram escritas na Babilônia, onde o povo viveu no cativeiro; outras partes no Egito, para onde o povo emigrou após o cativeiro. O segundo testamento tem partes que foram escritas na Ásia Menor, na Síria, na Grécia e na Itália.

Mapa da Bíblia (Atlas) - é interessante ter um mapa para situar as localidades.

- Os livros da Bíblia não seguem uma sequência histórica. A Bíblia é a história de um povo que escolheu caminhar com Deus; e ao mesmo tempo é a história de Deus que escolheu caminhar com o povo. O povo foi aprendendo como se comportar na presença de Deus. É a bagagem de um povo que resolveu levar a sério o Projeto de Deus.
- Quando lemos a Bíblia, precisamos levar em conta que a Palavra de Deus é muito mais vasta e ampla do que aquela que está escrita, porque nem tudo o que Deus disse está escrito na Bíblia. Deus continua falando em nossa história, nos acontecimentos de hoje, na natureza... precisamos ler a mensagem de Deus e trazê-la para a nossa vida.  A comunicação bíblica nos ensina a cultivar sempre um outro “Olhar”.

Observação: Não dispondo dos materiais apontados, acima, como “Linha do Tempo/Mapa da História da Salvação; Mapa da Bíblia (Atlas); pode-se preparar cópias do texto acima e distribuir aos participantes para lerem, alternadamente, e a cada parágrafo lido, conversar sobre o assunto.

CONHECENDO E MANUSEANDO A BÍBLIA

Como localizar textos bíblicos por livros, capítulos e versículos?

Para encontrarmos a citação que queremos, a primeira coisa a fazer é saber se está no Primeiro ou no Segundo Testamento, através da abreviação do livro indicado. Em seguida, com o primeiro número se indica o capítulo e com o segundo número separado do primeiro com uma vírgula, vem o versículo.

Exemplos:

Gn 2,4 = Livro do Gênesis, capítulo 2, versículo 4.

Quando o traço entre dois números é mais longo, significa que o texto é de um capítulo até outro (s). Exemplo: Ex 10–15. Assim estamos indicando que o texto vai do capítulo dez até o capítulo quinze do livro do Êxodo.

(Jo 10,12.14.18) - Neste exemplo significa que estamos indicando o capítulo dez de João e os versículos doze, depois saltamos para o catorze e por fim saltamos para o dezoito.

(Jo 10,12; 15,3-8) - Significa localizar o capítulo dez de João, lermos o versículo doze, saltarmos para o capítulo quinze e lermos o versículo três ao versículo oito.

(Jo 10,12s) - Significa que devemos ler o capítulo dez do livro de João mais os dois seguintes.

A Biblioteca da Bíblia:

Divisão dos Livros do Primeiro Testamento

Pentateuco (5 livros): Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio.
Constituem o coração da Primeira Aliança.
Livros Históricos (16 livros): Josué, Juízes, Rute, 1º e 2º Samuel, 1º e 2º Reis, 1º e 2º Crônicas, Esdras, Neemias, Tobias, Judite, Ester, 1º e 2º Macabeus.
Narram as histórias e a vida do povo daquela época.
Livros Sapienciais (7 livros): Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Sabedoria, Eclesiástico.
São livros que apresentam a sabedoria como ação de Deus em cada ser humano.
Livros Proféticos (18 livros): Isaias, Jeremias, Lamentações, Baruc, Ezequiel, Daniel, Amós, Oséias, Joel, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias, Malaquias.
Foram homens e mulheres que anunciaram o Projeto de Deus e denunciaram toda forma de injustiça e infidelidade.

Divisão dos Livros do Segundo Testamento

Evangelhos (4 livros):  Mateus, Marcos, Lucas, João.
Livro Histórico: Atos dos Apóstolos.
Cartas Paulinas (14 livros): Romanos, 1ª e 2ª Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1ª e 2ª Tessalonicenses, 1ª e 2ª Timóteo, Tito, Filêmon, Hebreus.
Cartas Católicas (7 livros): 1ª e 2ª Pedro, 1ª, 2ª e 3ª São João, Tiago, Judas.
Livro Profético: Apocalipse de João.


TRABALHO DE GRUPO:
Interagindo com a Bíblia: Capítulos e versículos; divisão dos livros.

- Previamente, preparar pequenos cartões coloridos e distribuir um a cada participante, contendo uma citação bíblica conforme exemplo abaixo:


Dt 11,18

Tg 1,22-25

Jo 1,1. 14


Dt 30,14

Is 55,10-11

Hb 4,12

- Verificar antecipadamente o número de participantes para ninguém ficar sem um cartão.

- Caso o grupo seja constituído de mais de 20 pessoas, é interessante formar grupos para o trabalho.

Motivação:

A melhor ferramenta de trabalho para conhecer a Bíblia é a própria Bíblia. Ela é a Biblioteca do povo de Deus e contém uma diversidade de assuntos: doutrina, histórias, romances, parábolas, leis para organizar o povo, provérbios, poesias, fatos concretos, narrações simbólicas, biografias.
O trabalho constitui-se em procurar na Bíblia:

a) A citação que recebemos, lê-la e descobrir a sua mensagem central;
b) Pelo nomes do livro que recebemos, descobrir se pertence ao Primeiro ou Segundo Testamento; e em que tipo da divisão de livros da grande biblioteca bíblica, eles se encaixam.

Tempo para o grupo trabalhar: 15 minutos

Em plenário: 15 minutos
1 -  cada pessoa ou grupo narra a citação bíblica recebida e a sua mensagem;
2 -  em seguida, vai colocando no chão, ao lado das faixas (previamente preparadas), nelas já escritos os nomes da divisão dos livros da Bíblia (ver texto abaixo: Primeiro e Segundo Testamento);
3 - Quando todos tiverem colocados os seus cartões no devido lugar, aparecerá a Biblioteca da Bíblia. 

Conteúdo a ser trabalhado pelos participantes:
- Preparar cópias das citações a serem distribuídas aos participantes;
- Preparar uma faixa com a divisão da Bíblia: primeiro separa: antigo e novo testamento e em seguida a divisão dos livros:

ANTIGO TESTAMENTO
Pentateuco
Históricos
Sapienciais
Proféticos

NOVO TESTAMENTO
Evangelhos
Histórico
Cartas paulinas
Cartas católicas
Livro Profético

COMPROMISSO:

Ler diariamente um pequeno texto bíblico ou um Salmo, considerando que devemos:

- Amar e ler assiduamente a Bíblia (nossa primeira mestra): não se trata de saber mais, de saber coisas, e sim ter intimidade com a Palavra, saborear a Palavra;
- Ler a Bíblia com a vida, sabendo que a vida questiona a Palavra e a Palavra questiona a Vida.

CELEBRANDO:

Fazer um círculo e todos apontando para a Bíblia, rezar com vibração a Oração ensinada por Jesus Cristo.

Pai Nosso...

Dar-se mutuamente o abraço da Paz...

Bibliografia:

BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Paulus, 2002.
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA. São Paulo: Loyola, 2000.
CNBB. Crescer na Leitura da Bíblia, estudos da CNBB 86. São Paulo: Paulus, 2003.
ARQUIDIOCESE DE LONDRINA. Catequese de Iniciação Cristã com Adultos. Animação Bíblico-Catequética: Londrina, 1ª reimpressão, 2011.
Regional Sul I – CNBB/Equipe de Catequese. Encontros para uma catequese com adultos. São Paulo: Paulus, 2005.
CENTRO BÍBLICO de Belo Horizonte. ABC da Bíblia. São Paulo: Paulus, 1982.
MESTERS, Carlos. Bíblia, livro feito em mutirão. São Paulo: Paulinas, 1982.



Postar um comentário